X
banner

Djokovic sai das cordas contra Simon e avança em Monte Carlo

Terça, 18 de abril 2017 às 12:51:13 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Os beijinhos e corações ao público mostraram o alívio de Novak Djokovic que precisou suar por 2h30min e virar jogo onde o francês Gilles Simon, 32º, chegou a sacar para a vitória na segunda rodada do Masters 1000 de Monte Carlo.



Leia Mais:

Sérvio afirma não temer ninguém após difícil estreia em Mônaco

 

O sérvio marcou 6/3 3/6 7/5 diante do francês em sua estreia no piso lento e no torneio do principado de Mônaco que venceu em 2013 e 2015.

Em má fase com três derrotas cedo em todos os eventos importantes do ano, segunda rodada na Austrália, oitavas em Indian Wells e quartas em Acapulco, o sérvio busca no local de sua residência a reviravolta na temporada. Ele emplaca sua 11ª vitória em 12 jogos contra Simon no retrospecto e vai enfrentar nas oitavas de final, na quinta-feira, o espanhol Pablo Carreno, 13º favorito, vice-campeão do Rio Open e 19º do mundo, ou o russo Karen Khachanov, 52º.

O jogo

A partida começou com uma troca de quebras nos dois primeiros games, com Simon quebrando Djokovic e levando a devolução na sequência com erros dos dois. A partida seguiu disputada em pontos longos. O sérvio optava por chamar Simon à rede, este por sua vez, tentava ditar a troca de bolas da linha de base. Como resultado, Djokovic foi mais efetivo no oitavo game, conquistou a quebra e sacou para o set.

Na segunda etapa, os tenistas iniciaram sacando bem, Djokovic conquistou a quebra buscando definir em pontos curtos no terceiro game, mas viu Simon devolver a quebra no game seguinte, salvar três breakpoints no quinto game, conquistar a quebra no sexto game e abrir 5/2 no placar tendo vencido três games em sequência. Djokovic tentou a reação, mas Simon administrou e forçou o terceiro set.

O terceiro set seguiu com pontos longos e os tenistas buscando induzir o rival ao erro. No quinto e sexto game, os tenistas trocaram quebras de saque, entretanto, Simon voltou a pressionar na devolução, conquistou a quebra no nono game e foi sacar para a partida. Ali, pressionado não teve match-point, como 30/30 no placar cometeu dois erros não-forçados e teve seu saque quebrado. O sérvio buscou manter-se no jogo, sacou taticamente para confirmar seu saque e na sequência tentou pressionar, já que o francês cometeu erros, conquistou a quebra e fechou a partida.

 

banner
banner