X

Becker: 'Não vejo Rafa sem Toni e vice-versa. São uma dupla perfeita'

Sexta, 17 de fevereiro 2017 às 19:17:48 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O ex-número um do mundo, o alemão Boris Becjer, revelou-se incrédulo ao saber que Toni Nadal não acompanhará mais o sobrinho no circuito profissional em 2018 ao conversar com o jornal espanhol Marca após a cerimõnia de gala do prêmio Laureus.



"Estava convencido de que Rafa voltaria ao topo. Fico muito feliz, pois somos amigos e gosto muito dele. vejo que rafa está convencido de que pode ganhar um Grand Slam. Ele é consciente de que pode suportar por duas semanas em bom nível", declarou o ex-número um do mundo, que acredita que Nadal poderia ter vencido em Melbourne e que as coisas voltam a ficar "positivas" para uma boa campanha em Roland Garros.

Becker, que por três anos fez parte da equipe de Novak Djokovic como instrutor técnico, falou  da contratação do também ex-número um do mundo, Carlos Moyá: "Foi possível notar muito sua influência, ele ainda tem fresco na memória sua fase como jogador", destacou o alemão.

Becker, que na mesma conversa com a imprensa disse acreditar que o ex-pupilo pode voltar ao topo do ranking mundial, se disse incrédulo com a separação de Toni Nadal e Rafael Nadal: "Espero que seja um equívoco. Não consigo imaginar. Não vejo Rafa sem Toni e vice-versa. São uma dupla perfeita. Estando Carlos junto não é necessário que Toni viaje com Rafa em todos os torneios, mas deveria o acompanhar nos Grand Slams. Acredito que seja apenas algo passageiro e que mude de ideia", opinou.

banner
banner