X

Gonzalez confirma 5o. lugar do ranking e fica próximo de Roddick, 4o. colocado

Segunda, 29 de janeiro 2007 às 09:36:44 AMT

Link Curto:

Fernando Gonzalez - Melbourne 07 II
Um Grand Slam, como de costume, sempre provoca grandes alterações no ranking. Mas este do Australian Open mexeu bastante com os 10 melhores tenistas do mundo. Só que não se mexeu foram os dois líderes, Federer e Nadal. O espanhol somou as oitavas de final e diminuiu um pouquinho a diferença que continua acima dos 3 mil pontos (8120 a 4775). Fernando Gonzalez foi o destaque e confirmou o quinto lugar.

Confira os 100 primeiros do ranking da ATP

O chileno somou 700 pontos com o vice-campeonato. Como não defendia nada deu um salto do nono para o quinto posto e está a apenas 5 do americano Andy Roddick (2715 a 2710). Este por sua vez alcançou as semi e está agora em sua melhor posição desde abril do ano passado. Gonzalez pode até desbancar Roddick já na próxima semana. Para isso ele precisa alcançar no mínimo a final do ATP de Viña del Mar nessa semana já que defende uma semi final do ano passado. O russo Nikolay Davydenko manteve-se em terceiro lugar.

As maiores quedas entre os 10 melhores foram do croata Ivan Ljubicic e o argentino David Nalbandian. Ljubicic, quarto do mundo antes de começar o torneio perdeu quatro lugares pois caiu na estréia e defendia as quartas de final. Agora é o oitavo. Nalbandian alcançou a quarta rodada e não foi capaz de chegar a semi de 2006, portanto despencou para o 11o. lugar. Desde novembro de 2005 que o tenista de Córdoba não saía dos 10 melhores do mundo.

A penúltima rodada em Melbourne fez bem ao alemão Tommy Haas. Ex-número dois do mundo ele retorna ao Top 10, posição que não ocupava desde novembro de 2002. Ele agora é o nono colocado.

Os jovens talentos subiram. Novak Djokovic e Andy Murray seguem muito próximos. Ambos fizeram campanha semelhante no primeiro Major do ano (chegaram às oitavas) e estão respectivamente na 13a. e 14a. posições. O francês Richard Gasquet vem um pouquinho mais atrás em 16o.

A grande subida dentre os 50 melhores foi do americano Mardy Fish. Ele saltou do 42o. para o 25o. posto após chegar às quartas.

As maiores quedas foram do cipriota Marcos Baghdatis, que era o 11o. e agora é o 21o. bem como o alemão Nicolas Kiefer, antes 47o. agora apenas o 145o. colocado. Baghdatis foi o finalista em 2006 e Kiefer semifinalista.
banner
banner