X

Brasil tem 6 tenistas nas quartas em Guayaquil

Quinta, 25 de janeiro 2007 às 15:30:52 AMT

Link Curto:

Tênis Juvenil
O Brasil tem seis tenistas disputando nesta quinta-feira, vaga na semifinal das categorias 14 e 16 anos da terceira etapa do Circuito Cosat, em Guayaquil, Equador.

Nos 14 anos masculino, jogando em quadras rápidas no Guayaquil Tenis Club, Vitor Galvão e Tiago Fernandes passaram sem maiores problemas por seus adversários. Galvão, integrante da equipe juvenil CBT, derrotou o colombiano Felipe Mantilla por 6/2 e 6/4 e agora pega o cabeça 1, o chileno Ivan Conejero. Fernandes eliminou Pedro Chaves(CHI) por 6/4 e 6/2 e busca vaga na semifinal contra Mariano Razetta, do Peru. Nos 16, José Pereira Jr despachou Andrés Herrera(COL) em dois sets, 7/5 e 6/2 e pega o argentino kevin Konfederak. O segundo brasileiro a brigar por vaga na semifinal da categoria é André Vidaller, que ganhou do compatriota Idio Escobar por 6/2 e 7/5. O tenista Lucas Melgarejo, da equipe juvenil da CBT não resistiu ao melhor jogo de Juan Valenzuela, da Argentina e caiu com um duplo 6/3.

No feminino, a equipe brasileira conta apenas com Karen Ching, que ganhou de Michele Conte Grand(ARG) por 6/2 e 6/3 e vai jogar contra Maria Paula Deheza(BOL). O País tem ainda a força de Rafaella Miller nas quartas-de-final dos 14 anos. Depois de passar por Ximena Luna(PER) com 7/6(3) e 6/1, encara a cabeça 2, Marie Elise Casares(EQU). Nos 16 anos feminino, nenhum brasileira se classificou entre as oito finalistas.

A equipe juvenil da CBT, formada por Karen Ching, Nathaly Kurata, Vitor Galvão e Matheus Costa nos 14 anos e Giovanna Portiolli, Juliana Pires, José Pereira Jr e Lucas Melgarejo nos 16 anos, viaja com patrocínio do Ministério do Esporte, que viabilizou as passagens do grupo e com a companhia dos técnicos Renato Messias , Sabrina Giusto e do preparador físico Narciso Barbosa.

Na principal categoria, os 18 anos, Gabriela Vieira perdeu para a Cabeça 2, Nadejda Guskova (RUS) por duplo 6/2, mesmo placar que a japonesa Yuuki Tanaka aplicou em Lara Rafful. No masculino, Fabrício Neis perdeu uma partida muito equilibrada. Ignácio Martire (ARG) venceu por 7/6(6) e 7/6(4).

Fonte: Imprensa CBT
banner
banner