X

Rafter rejeitou convite para treinar Hewitt

Segunda, 08 de janeiro 2007 às 22:09:10 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Patrick Rafter, australiano duas vezes campeão do US Open, rejeitou um convite para treinar Lleyton Hewitt proposto pelo próprio tenista horas antes do abandono de Roger Rasheed, seu ex-treinador.

Rafter, que já foi um mentor de Hewitt, disse ao ex-líder do ranking que não podia aceitar pela por causa de seu comprometimento com sua família: "Eu pensei em ajudar o Lleyton. Seria legal em ajudá-lo, mas era impossível. Não estarei em Melbourne para o Australian Open porque estamos mudando.", disse Rafter que se muda de Sydney para Queensland. Hewitt telefonou na sexta-feira para Rafter para saber das possibilidades.

Por isso, Scott Draper, colega de Rafter e amigo de Hewitt foi nomeado como substituto de Rasheed.

"Vamos ver como as coisas irão nas próximas duas semanas", disse o empresário do tenista Justin Cohen: "Scott tem um nível individual muito bom e estamos felizes de tê-lo na equipe".

Draper, de 32 anos, estará em Melbourne na próxima quarta-feira quando começa a trabalhar com o jogador que vem se tratando de uma lesão: "Minha fidelidade e lealdade são para o Lleyton nas próximas duas semanas e meia e estarei fazendo meu melhor possível", disse Draper que está em Gold Coast.
banner
banner