X

Federer bate Raonic, conquista Brisbane e alcança a vitória 1.000 na carreira

Domingo, 11 de janeiro 2015 às 09:29:28 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Feito histórico na manhã deste domingo no Brasil, noite em Brisbane, na Austrália. Roger Federer, número dois do mundo, faturou o título do ATP 250 pela primeira vez e de quebra faturou a milésima vitória em sua carreira se tornando apenas o terceiro na história com a marca.

Leia Mais:
Veja os recordistas de vitórias no masculino!

O suíço superou na final o canadense Milos Raonic, oitavo colocado, por 2 sets a 1 com apertados 6/4 6/7 (7/2) 6/4 após 2h13min.

Federer iguala nomes como Jimmy Connors (1253) e Ivan Lendl (1071) com a marca onde possui 227 derrotas.

O natural da Basileia, maior campeão de Grand Slams com 17 conquistas, que havia sido vice ano passado, fatura seu 83º título em 125 decisões.

O jogo

Federer esteve muito firme em seu serviço, só cedeu um 30/30 no último game fechando a parcial forçando o erro do rival no fundo por 6/4. A quebra veio no terceiro game pressionando o canadense até o erro. Com oito aces e 15 winners e apenas três erros, Roger foi imbatível.

Roger continuou embalado e dominando ao quebrar e fazer 2/0 no segundo set, mas uma cochilada permitiu a reação de Raonic que virou para 3/2 e foi levando o set até o tie-break. Com dois grande pontos, Federer fez 2 a 0, mas Raoni pressionou na rede, devolveu a miniquebra e jogou como nunca, indo pra cima, fazendo sete pontos seguidos até fechar por 7/6 (7/2) em 44 minutos.

Na parcial final muita briga com games encardidos. Primeiro Raonic salvou seu saque, depois foi Federer e na sequência o canadense usou o serviço, a direita e agressividade para escapar de outras chances. No décimo game, Federer foi pra cima e Raonic falhou com dupla-falta e erro de direita para a alegria e vibração de Roger: 6/4.

Emocionado, Roger recebeu um quadro de homenagem das mãos do australiano Rod Laver, que ganhou duas vezes o Grand Slam os quatro Majors em uma temporada), último a alcançar esse feito em 1969.
banner
banner