X
banner

Vencedor de 14 títulos, argentino destaca experiência para o Challenger Finals

Segunda, 10 de novembro 2014 às 15:13:24 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O argentino Máximo Gonzalez conhece como poucos o circuito Challenger, já que tem 14 títulos no currículo. Porém, o jogador de 31 anos terá a chance de levar um troféu inédito em São Paulo. Gonzalez é um dos oito classificados para o ATP Challenger Tour Finals, a Final Mundial do Circuito Challenger de Tênis 2014, que acontece entre 19 e 23 de novembro no Esporte Clube Pinheiros, com entrada gratuita para o público.

O número 101 do ranking mundial faz parte de um grupo seleto de oito jogadores com a marca de 14 títulos Challenger na carreira. "Acredito que a experiência de ter vencido e competido em muitos Challengers, além de estar vivendo um grande ano, ganhando três torneios, pode me ajudar a ganhar o Finals! Tenho muita confiança em mim", disse Gonzalez.

Um dos títulos vencidos por González em 2014 foi o Challenger de Santos, em abril. Os outros dois foram em Blois, na França, e em Padova, na Itália. Os três foram disputados no saibro, mesmo piso do ATP Challenger Tour Finals.

"Sempre jogo no Brasil, ganhei alguns Challengers aí. Gosto muito do país, porque é perto de casa e as pessoas sempre me tratam muito bem", comentou Gonzalez. Além de Santos, o argentino jogou um Challenger em São Paulo e outro em Itajaí, além de ter disputado o qualifying do Brasil Open.

Gonzalez teve a chance de enfrentar três vezes neste ano um dos brasileiros que disputarão o ATP Challenger Finals. O argentino derrotou o gaúcho Guilherme Clezar duas vezes e perdeu uma. "Os jogos que disputei com Clezar sempre foram muito duros.

Ele tem grandes golpes e muito potencial. Talvez falte um pouco de experiência, mas é um jogador com grande futuro", opinou o experiente argentino.

Além de Gonzalez e Clezar, o ATP Challenger Tour Finals conta com o paulista João Souza, esloveno Blaz Rola, o dominicano Victor Estrella Burgos, o austríaco Andreas Haider-Maurer, o italiano Simone Bolelli e o argentino Diego Schwartzman.

O ATP Challenger Tour Finals reúne os sete melhores tenistas da temporada e mais um tenista convidado (Guilherme Clezar). Em sua quarta edição, pela primeira vez, o ATP Challenger Tour Finals terá dois representantes brasileiros entre os oito participantes.
banner
banner