X

Mais de 300 tenistas jogam ITF e Cosat de Londrina

Segunda, 22 de setembro 2014 às 10:18:39 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Atletas de 21 países estão pré-inscritos na 28ª edição do Circuito Mundial de Tênis Juvenil, que será realizado de 27 de setembro a 04 de outubro de 2014, no Londrina Country Club, em Londrina (PR). As disputas serão realizadas nas categorias 12, 14, 16 e 18 anos, no masculino e feminino, em simples e duplas, com a participação de mais de 300 tenistas.

Os países com representantes inscritos são: Brasil, Estados Unidos, Argentina, Canadá, Portugal, México, Chile, Itália, Grã-Bretanha, Paraguai, Suíça, Gana, Croácia, Alemanha, Suécia, Colômbia, África do Sul, Guatemala, Ilhas Maurício, Uruguai e Equador.

A tradicional competição chega em 2014 à sua 18ª edição internacional, com status de torneio grupo 3 da Federação Internacional de Tênis (ITF), que destina pontos importantes para o ranking mundial na categoria 18 anos. No Brasil, somente dois torneios estão acima do Circuito Mundial de Tênis na escala da ITF: a Copa Gerdau, que integra o Grupo A, e o Banana Bowl, do Grupo 1.

No masculino, a chave principal da categoria 18 anos será composta por 32 tenistas. Desses, 24 se garantem pela posição no ranking, quatro são provenientes do qualifying e outros quatro recebem o wild card (convite) da organização do torneio. Na feminina, a chave principal contará com 24 tenistas, sendo 16 garantidas pelo ranking, quatro do qualifying e outras quatro por wild card. “A organização oferece hospedagem, alimentação e transporte a todos os atletas participantes. Os árbitros também fazem parte do quadro da ITF”, explica José Guilherme Danelon, da Tebet & Danelon, organizadora do torneio.

Segundo ele, a principal característica do torneio está no fato de atletas mais jovens chegarem à decisão da categoria 18 anos. Um exemplo é o gaúcho Orlando Luz. Atual número 2 do ranking mundial juvenil, ele foi vice-campeão em 2013 aos 15 anos, tendo perdido a final para o também gaúcho Gabriel Hocevar. “O (argentino) Guillermo Coria foi campeão aqui quando tinha 15 anos. O David Nalbandian (também argentino) foi vice-campeão aos 16 e ganhou a disputa de duplas. O londrinense Marcelo Tebet Filho também foi finalista com 16 anos”, enumera Danelon, lembrando que todos os tenistas que integram a seleção brasileira na Copa Davis passaram pelo torneio londrinense. As disputas prometem ser acirradas também nas demais categorias em disputa. Nas categorias 14 e 16 anos, os atletas lutarão por pontos nos rankings da Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat) e no da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Na 12 anos, apenas no ranking da CBT.

“Nossa expectativa é a melhor possível. Certamente, teremos a presença de jovens de muito talento aqui em Londrina, que se torna a capital nacional do tênis durante este período”, encerra Danelon. O Circuito Mundial de Tênis Juvenil é organizado pela Tebet & Danelon e Londrina Country Club, com apoio de Gmtex e Correios. A competição tem supervisão da Federação Internacional de Tênis (ITF), Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat), Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e Federação Paranaense de Tênis (FPT).
banner
banner