X

Djokovic: 'Meu jogo não esteve nem perto de onde queria'

Sábado, 06 de setembro 2014 às 18:22:13 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O número um do mundo, Novak Djokovic, deixou claro após ser eliminado na semifinal do US Open, que não esteve satisfeito com sua performance em quadra na derrota para o japonês Kei Nishikori. Mesmo insatisfeito, em entrevista coletiva, Nole buscou exaltar a performance do rival.

Djokovic começou a coletiva dizendo que não gostaria de comentar as condições de temperatura da quadra, pois "as condições são as mesmas para os dois jogadores".

Em um calor beirando aos 32ºC e umidade relativa do ar beirando aos 88%, Djokovic contou como esperava o japonês para a partida: "O esperava apto para jogar cinco sets, porque ele teve dois dias de descanso. Ele pode se preparar para o torneio. Jogou um grande tênis. tenho que felicitá-lo. Ele jogou muito bem hoje".

Djokovic comentou o aspecto mental no momento da partida em que fechou o segundo set em 6/1 e forçou um tiebreak no terceiro set, mesmo com Nishikori sacando para o set: "Tirando o segundo set meu jogo não esteve nem perto do que eu queria. Muitos erros não-forçados, muitas bolas curtas".

O sérvio elogiou a melhora no jogo do japonês, que "melhorou sua movimentação e deixou sua esquerda mais sólida". Sendo um ícone de seu país, Nole comentou o feito histórico do japonês a se tornar o primeiro asiático a chegar a uma final de torneio do Grand Slam: "Isto é definitivamente enorme para o Japão. É um grande país. Mais de 100 milhões de pessoas. isto pdoe ser de grande incentivo para o tênis daquele país. Ele tem estado próximo nos últimos anos. Feito muito sucesso. Mas jogar a final de um Grand Slam e lutar pelo título é definitivamente algo diferente. Ele alcançou outro nível e tenho certeza que as pessoas vão exaltá-lo".
banner
banner