X
banner

Tunísia é suspensa por 1 ano da Copa Davis

Sábado, 02 de novembro 2013 às 10:13:41 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A Tunísia está suspensa por um ano da Copa Davis em anúncio feito pela ITF. A punição é decorrente da interferência da federação de tênis local na recusa do tenista Malek Jaziri em enfrentar o israelense Amir Weintraub no Challenger de Tashkent, no Uzbequistão, em outubro.

Jaziri teria que enfrentar o isralense, mas se recusou a entrar em quadra, tendo recebido, inclusive, ordens do Ministro de Esportes. A situação conflituosa envolve o não-reconhecimento da independência de Israel pela Tunísia e solidariedade à Palestina.

A ITF aprovou a suspensão por unanimidade, com uma abstenção. justamente do membro tunisiano Tarak Cherif, que se recusou a participar da reunião. Francesco Ricci Bitti, presidente da ITF, comentou o caso: "Não há espaço para qualquer tipo de preconceito no esporte e na sociedade. Estamos enviando uma mensagem contundende para a Tunísia de que esse tipo de atitude não será tolerada por nenhum de nossos membros".

A Tunísia foi rebaixada este ano para o Zonal III da África, equivalente à quarta divisão. Não foi anunciada qualquer punição para o tenista, que, na ocasião, alegou lesão no joelho. A proibição vinda de seu país, no entanto, já havia circulado antes da desistência.

Este não é o único caso no esporte envolvendo atletas que se recusam a enfrentar israelenses. Nos Jogos Olímpicos de 2004, o iraniano Arash Miresmaeili, bicampeão mundial e favorito ao título, se recusou a lutar contra o israelense Ehud Vaks, alegando solidariedade ao povo palestino. O judoca foi recebido em seu país como herói e teve direito à mesma premiação destinada aos medalhistas de ouro.
banner
banner