X
banner

Ghem fura o quali no Aberto de SP

Domingo, 30 de dezembro 2012 às 23:29:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Cabeça de chave número 1 do quali e 320º do ranking, o gaúcho André Ghem venceu mais uma partida e se garantiu na chave principal do II Ega Cup - Aberto de São Paulo, torneio com entrada gratuita, disputado nas quadras rápidas do Parque Villas-Lobos e premiação de US$ 125 mil, mas com pontuação de torneio US$ 150 mil, por conceder hospedagem aos tenistas. O tenista fez boa apresentação e venceu o americano Greg Ouellette, 391º do mundo, por 2 sets a 0, com duplo 6/3.

Ghem, que tem 30 anos e vai disputar pela oitava vez a chave principal do torneio, se mostrou bastante motivado para buscar uma grande campanha na competição, pela qual revelou ter carinho especial: "Eu vim com a objetivo de ir longe no torneio. Mesmo vindo do quali, isso não muda minha expectativa, quero ir longe, somar pontos em um torneio grande. Esse aqui é um torneio legal, é sempre bom jogar em São Paulo, estar perto de amigos e conhecidos. Saber que a galera está aí dando força, que o pessoal entende e acompanha o circuito" - comentou o tenista, que no ano passado chegou à segunda rodada.

Ghem comentou ainda que começar bem a temporada pode ser determinante no decorrer do ano: "Um torneio grande bem jogado sempre pode fazer a diferença. Se você consegue fazer uma boa campanha aqui, você sai na frente dos outros, já ganha confiança, que nesse início de ano é muito importante".

Para chegar à chave principal, o tenista precisou vencer três partidas, detalhe que pode fazer muita diferença, principalmente devido à nova regra, que acaba com o let no saque: "Acredito que estou em vantagem sim. Agora com essa regra nova do let eu estou na frente dos outros. Eu já testei isso. É uma coisa nova e bem diferente do treino. No treino eu não estava esquecendo nenhuma vez, mas ali no jogo você está concentrado, a bola bate na rede, você relaxa e pensa que o cara vai sacar de novo. Tem que estar concentrado" - relatou Ghem. Ele também ressaltou a importância de ter adquirido ritmo de jogo e de conhecer as quadras do II Ega Cup - Aberto de São Paulo: "Estou em vantagem no ritmo também. As quadras são um pouco diferentes. Essa quadra aqui é bastante especial, não tem nenhuma quadra parecida com essa nos torneios do Brasil, então é sempre bom jogar um pouco mais do que os outros".

Além da partida de André Ghem, somente mais um jogo da última rodada do quali foi encerrado neste domingo. O americano Devin Britton, cabeça de chave número 7 e 408º do ranking, derrotou o brasileiro Pedro Zerbini, 482º, por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e também está na chave principal. Os outros dois confrontos foram adiados devido à chuva. Em um dos duelos, o brasileiro Augusto Laranja perdeu o primeiro set para o croata Franco Skugor por 6/4, mas vencia o segundo por 4/3. No outro confronto, o americano Austin Krajicek vencia o argentino Patricio Heras no 1º set por 5/2.

Confira os resultados das partidas encerradas neste domingo, no II Ega Cup - Aberto de São Paulo:

3ª rodada
(1) André Ghem (BRA) 2x0 (6) Greg Ouellette (EUA) 6/3 6/3
(7) Devin Britton (EUA) 2x0 Pedro Zerbini (BRA) 6/4 6/4

2ª Rodada
(2) Austin Krajicek (EUA) 2x1 Rameez Junaid (AUS) 6/2 5/7 6/4
Pedro Zerbini (BRA) 2x1 (3) José Pereira (BRA) 3/6 6/3 6/4
Franco Skugor (CRO) 2x1 (4/WC) Julio Silva (BRA) 7/6 (8/6) 4/6 6/3
(5) Patricio Heras (ARG) 2x0 (WC) Rafael Saraiva (BRA) 6/1 6/0
(7) Devin Britton (EUA) 2x0 Marcos Vinicius Dias (BRA) 7/5 7/6(11/9)
Augusto Laranja (BRA) 2x0 Alexandre Schnitman (BRA) 7/6 (7/2) 6/3

O II Ega Cup - Aberto de São Paulo é disputado no Parque Villa-Lobos, em quadra rápida, com entrada gratuita ao público. A competição começou no dia 29 de dezembro e terá a final disputada no dia 6 de janeiro. O Sportv vai transmitir todas as partidas a partir das quartas de final. O torneio aumentou a premiação e vai distribuir US$ 125 mil, contando pontos como um torneio de US$ 150 mil. O II Ega Cup é o maior torneio Challenger do mundo e a 2ª maior competição masculina do país.

Para mais informações e fotos, confira o site do torneio www.abertosp.com

O torneio tem o patrocínio da empresa EGA Solutions e a hospedagem é no hotel Holiday Inn Parque Anhembi.

O evento tem o co-patrocínio da Braskem, Prefeitura de São Paulo, TetraPak, Sabesp, Stella Artois, Shopping SP Market, Guarani Açúcar Etanol Energia, Trousseau, Friozem Logística, Schioppa Rodas e Rodízios, Oswaldo Cruz Química. A competição tem o apoio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, HEAD, Metropolitan, Torres-Falavigna Advogados, Artefacto,WMZ Excelência no Comércio Exterior, Inylbra Tapetes & Carpetes, Dimep Sistemas, Nucre Fisioterapia Esportiva, X Bayferrox e Baraldi Melega Advogados. O torneio tem o apoio de mídia da BandNewsFM, Bradesco Esportes FM e Rádio Bandeirantes.
banner
banner