X

Djokovic confirma Nº 1 com boa vantagem para Federer. Ferrer ameaça Nadal

Segunda, 05 de novembro 2012 às 09:42:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O sérvio Novak Djokovic voltou ao topo do ranking mundial, mesmo realizando uma fraca campanha no Masters 1000 de Paris, na França, onde parou na estreia perdendo para o tenista norte-americano Sam Querrey. Ferrer e Delpo foram os destaques no top 10.

Veja Mais:
Ranking do Top 100 - Semanas no Topo

A volta do sérvio ao topo do ranking era esperada, após o anúncio da desistência do suíço Roger Federer, então líder da lista, das disputas em Paris. A fraca campanha de Nole ainda o colocou com 2045 pontos de vantagem ao suíço, hoje segundo colocado. Djokovic fechará o ano na liderança, mesmo que Federer vença o ATP Finals, que distribui 1500 pontos ao vencedor.

O título em Paris foi importante para o espanhol David Ferrer em muitos aspectos. No ranking mundial, Ferrer segue como quinto, mas colou no compatriota Rafael Nadal, quarto colocado, diminuindo a pontuação para 765. Alcançar a final em Londres significará a Ferrer desbancar Rafa da quarta colocação.

Vice-campeão do Masters, o polonês Jerzy Janowicz saltou 43 posições e saiu de 69 do mundo para 26º, a melhor colocação de sua carreira.

A campanha de oitavas de final em Paris, levou o argentino Juan Marín Del Potro para a 7ª colocação. Ele superou o francês Jo-Wilfried Tsonga e abriu 590 pontos de vantagem.

O top 10 ainda conta com a entrada do francês Richard Gasquet como décimo do mundo, deslocando o argentino Juan Mónaco para a décima 12 posição.

banner
banner