X

Nadal derruba Djokovic e é Hexacampeão em Roma

Segunda, 21 de maio 2012 às 09:49:42 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal, número três do mundo, confirmou o rótulo de Rei do Saibro e conquistou, nesta segunda-feira, o título do Masters 1000 de Roma (Itália), seu sexto na competição disputada no Foro Itálico em torneio que distribui 2,427 milhões de euros em prêmios.

Leia Mais:
Nadal volta ao Nº 2 e evitará Djokovic na semi em Paris
Blog - Rafa achou o número de Nole
Siga o Tênis News no Twitter!

O espanhol de Manacor derrotou o número 1 do mundo Novak Djokovic, seu grande algoz com sete vitórias seguidas de 2011 até o início deste ano, por 2 sets a 0 com parciais de 7/5 6/3 após 2h20min de duelo.

Nadal retoma o troféu de Roma após tê-lo perdido para Nole ano passado e repete os anos de 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010 onde levantou o caneco. Ele fatura seu 49º título na carreira, 35º no piso de saibro e 21º de Masters 1000 se isolando como o maior vencedor deste tipo de torneio deixando Roger Federer em segundo lugar com 20. Nadal ergue seu terceiro torneio no ano juntando com Monte Carlo e Barcelona.

No confronto direto Nadal abre 18 a 14 para Djokovic conseguindo fazer 2 a 1 este ano. Nole venceu na final do Aberto da Austrália e Rafa nas finais de Monte Carlo e Roma.

O jogo
Um primeiro set super disputado. Nadal começou tendo dois breaks, mas cometeu erros e viu Nole confirmar. O espanhol tornou a ir pra cima e quebrou por 3/2 com erro do sérvio. Mas em seguida Rafa cometeu quatro equívocos e permitiu a virada. Então os games de saque de Nadal ficaram mais parelhos à medida que seu aproveitamento de primeiro serviço ficava abaixo dos 50%. No 4/5 30/30, Nole dominava o ponto, jogou uma bola na linha, mas o árbitro de linha deu fora. O juiz de cadeira corrigiu, o ponto retornou e Nadal confirmou empatando. No game seguinte Djoko tinha 40/15, mas viu Nadal segurar na raça as trocas, cometeu três erros e Rafa venceu grande ponto na rede para quebrar. Nole perdeu o controle, quebrou raquete e Nadal fechou por 7/5 em 1h16min. Foram 24 erros de Djoko contra 12 de Nadal. Dez winners do sérvio contra sete do espanhol.

Na segunda etapa Nadal ganhou confiança, foi pra cima, conquistou uma quebra logo no primeiro game e sua força mental voltou a falar alto. Salvou um 0/40 e quatro breaks no game seguinte e mais algumas chances no quarto game para ficar em vantagem. Djokovic foi tendo chances, fazendo games parelhos, mas não suportava na hora de quebrar e errava. Nadal então foi pra cima e quebrou no nono game com um slice venenoso que quicou infalso e atrapalhou o sérvio e uma dupla-falta de Djokovic: 6/3 e vibração do Touro.

Djokovic cometeu 41 erros e acertou 22 winners no jogo. Nadal fez 15 bolas vencedoras e errou 21.
banner
banner