X

Murray admite superioridade de Berdych e planeja mudanças em seu jogo

Sexta, 20 de abril 2012 às 13:48:56 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Tomas Berdych, número sete do mundo, e Andy Murray, quarto colocado do ranking, protagonizaram nesta manhã de sexta-feira, a partida mais longa do dia do Masters 1000 de Monte Carlo. Com a vitória do tcheco por 2 sets a 1, os dois tenistas compareceram a tradicional coletiva de imprensa.

Leia Mais:

Djokovic joga para o gasto e elimina algoz de Bellucci em Mônaco
Berdych vence de virada Murray e atinge semifinais em Monte Carlo

Com a vaga garantida na semifinal contra Novak Djokovic, Berdych afirmou que não mudará seu cronograma para o duelo. "Eu vou fazer tudo do mesmo jeito que eu faço antes de cada jogo. É um ótimo dia para se jogar contra o número um do mundo. Se tratando de uma semifinal então, é fantástico”, contou Berdych.

"Mas, ainda assim, eu quero jogar meu melhor tênis e quero fazer bem feito. Eu só quero concentrar-me em fazer o melhor dentro de quadra”, acrescentou Berdych, que se recordou da última partida contra Djokovic. "A última vez que eu joguei ele [no ATP World Tour Finals em novembro], eu precisava de apenas um ponto para derrota-lo, mas infelizmente não consegui. Então agora terei outra chance”, ressaltou.

Por outro lado, Andy Murray confirmou a superioridade do rival. "Ele jogou melhor", admitiu o britânico. "No primeiro set, ele teve algumas chances no meu saque, mas em seguida, no tie-break eu tive algumas bolas de sorte, e ele cometeu alguns erros não-forçados. Porém no início do segundo set foi onde ele começou a jogar melhor, e ao mesmo tempo, meu nível caiu claramente, como o placar demonstrou”, completou.

"Em alguns pontos hoje eu joguei muito bem, mas em alguns deixei a desejar", contou "Essa derrota vai fazer com que eu aprenda, e mude alguns pensamentos, porque enfrentei um jogador muito bom", finalizou.
banner
banner