X

Djokovic afirma que medidas para jogar o US Open são extremas e impossíveis

Sábado, 06 de junho 2020 às 11:37:25 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Novak Djokovic afirmou à TV sérvia Prva que medidas as propostas pelo US Open para realização do torneio são extremas e impossíveis de serem atendidas. O torneio está previsto para começar no dia 31 de agosto.



Leia Mais:

Se fosse hoje, Nadal não jogaria torneio

 

Por conta do coronavírus, o torneio lançou uma proposta de protocolo que levaria jogadores de outros continentes em voos charter, adotando uma série de regras sanitárias como vários testes e limitando os tenistas ao local do evento. Rafael Nadal disse na quinta-feira que se fosse hoje não jogaria o torneio.

 

Tricampeão do torneio em 2011, 2015 e 2018, Nole apontou: "Tive uma conversa por telefone com os líderes do mundo do tênis, tivemos conversas sobre a continuidade da temporada, mais sobre o US Open no fim de agosto, mas não se sabe se vai acontecer".

"As regras que nos disseram que teríamos que respeitar para jogar seriam extremas. Não teríamos acesso a Manhattan, teríamos que dormir nos hoteis dos aeroportos, sermos testados duas ou três vezes por semanas".
"Ainda só poderíamos trazer uma pessoa ao clube, o que é impossível. Eu digo, precisamos do técnico, preparador físico e também do fisioterapeuta".

banner
banner