X

Venus e Serena com os piores modelitos do ano

Terça, 04 de novembro 2014 às 11:30:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariana Brunello - Todo fim de ano é a mesma coisa. Hora de fazer um balanço positivo e negativo dos últimos doze meses para entrar com o pé direito na próxima temporada. No tênis e na moda não é diferente. Foram muitas as surpresas boas, outras nem tanto, pelas quadras da WTA.

Seja na técnica, nos resultados ou nos uniformes, o tênis feminino mais uma vez foi marcado pelos altos e baixos tão característicos da modalidade. Nem é preciso muito esforço para se lembrar dos modelitos “uau” e dos looks “socorro” que foram os protagonistas do esporte em 2014.

Mas, como a gente já está com saudade de tudo que rolou na temporada, nada melhor do que relembrar os melhores (para se inspirar sempre) e piores (para queimar na fogueira) uniformes do ano. Confira!

Os cinco piores:

5 – O vestido “animal print”, mais conhecido como estampa de onça, de Serena Williams no US Open. Se já não bastasse o modelo preto e branco, a Nike também fez outro na versão pink. Tudo bem que o Grand Slam americano tem a sessão noturna que exige uniformes mais classudos, mas os da número 1 do mundo estavam mais para camisolas da Victoria’s Secret. Só faltou a renda.

4 – Saia para forrar a cama da vovó, o liquidificador ou o butijão de gás. O modelito de Caroline Wozniacki no Australian Open era perfeito para isso tudo e muito mais. Menos para um uniforme de Grand Slam. Muitos detalhes, muita estampa (aqui também foi usado o animal print) e pouco estilo. Stella McCartney errou feio. 2014 definitivamente não foi o ano da tenista dinamarquesa.

3 – O look floral de Agnieszka Radwanska em Roland Garros. A Lotto, que sempre investiu em cores básicas e modelos conservadores, antecipou a primavera em Paris e transformou o saibro do Grand Slam francês num verdadeiro jardim. As flores em tons de vermelho, azul, laranja, branco e preto (ufa!) seriam perfeitas para um super Baile do Hawaí, mas não para o clima sofisticado e clássico da capital francesa.





















2 – A combinação top em tom amarelo-mostarda e saia com estampa de impressão digital usada por Maria Sharapova no Masters 1000 de Miami. O outfit é horrível por motivos óbvios: uma peça não tem nada a ver com a outra, a cor do top não cai bem mesmo em loiras lindas como Maria e estampas exóticas, como esta da saia, vêm na contramão do bom gosto que o esporte merece. Nota zero para a Nike mais uma vez.

1 – O outfit no melhor estilo dançarina espanhola de Venus Williams no US Open. Desde que se aventurou no mundo da moda e lançou a própria grife, EleVen, a mais velha das Williams deixou bem clara sua paixão pela excentricidade de cores, tecidos, transparências e estampas. Ah, as famosas estampas mais uma vez! Pra completar, o cabelo pintado de roxo. Tudo isso junto não poderia ser pior, contrariando o ditado de que “menos é mais”, sempre. Socorro!



















Ariana Brunello é jornalista, apaixonada por moda e tênis e autora do blog Tennis Report, onde conta suas experiências sobre viagens, torneios e os bastidores do esporte:

www.tennisreport.com.br
Dúvidas e sugestões: ariana@tennisreport.com.br
banner
banner