X

Larrisa Carvalho, cabeça 1, é eliminada no Pré-Pan

Quarta, 06 de junho 2007 às 18:09:21 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A brasiliense Larissa Carvalho, primeira favorita ao título da Copa Bras-Onda, torneio seletivo para o Pan-americano Rio 2007, foi eliminada hoje na estréia da competição pela paulista Paula Gonçalves, que passou o qualifying. Larissa foi derrotada em dois sets, parciais de 7/6(5) e 6/3.

O torneio acontece até sábado, no Graciosa Country Clube e vale uma vaga na chave principal do Pan-americano e ainda distribui R$ 10 mil em prêmios. A Copa Bras-Onda reúne as melhores profissionais do Brasil, incluindo Larissa Carvalho, segunda melhor tenista do País no ranking mundial.

Dessa forma, o sonho de Larissa em participar do Pan-americano ficou ainda mais difícil, pois agora vai depender da terceira vaga, por critério técnico da Comissão Feminina.

“ Faz parte do jogo, eu joguei bem, ela também e teve mais sorte. Esse é o tênis, agora é voltar e treinar mais”, falou Larissa.

Já Nanda Alves, cabeça 2, não teve nenhuma dificuldade para avançar no torneio Pré-Pan. Rapidamente marcou 6/0 e 6/0 na brasiliense Juliana Botelho e decide a vaga na semifinal com a juvenil Flavia Borges, que hoje superou Carolina Malheiros por 6/4 e 6/3.

“Eu venho de uma sequência de torneios com bons resultados e isso dá confiança. Apenas me concentrei em manter meu jogo para vencer. Esse Pan-americano tem todas as motivações para mim: é no Brasil, será minha segunda competição desse gênero(disputou Santo Domingo) e estar no meio de todos os atletas de todos os esportes tem uma energia diferente de tudo”, falou Nanda.

Joana Cortez e Teliana Pereira já garantiram vaga na segunda rodada da Copa Bras-Onda, torneio seletivo para os XV Jogos Pan-americanos RIO 2007.

Teliana encarou na primeira rodada Ana Clara Duarte e, apesar de nenhuma das duas jogadoras apresentar o melhor tênis, Teliana mostrou a garra necessária para seguir adiante na caminhada rumo ao Pan. Venceu por 6/4 e 6/2.

“Eu não joguei bem e a Ana Clara também não. Foi um jogo duro de ver. Se dá para tirar algum ponto positivo dessa partida, é que mesmo jogando mal, consegui vencer. Agora é melhorar para a próxima rodada”, falou.

Joana Cortez também se complicou no segundo set do jogo contra Nathalia Rossi . Depois de vencer por 6/2, deixou a adversária abrir 4/1, para buscar e com experiência fechar em 6/4. Cortez quer disputar seu terceiro Pan-americano- Foi campeã de duplas em Winnipeg em 1999.

“Eu estou muito motivada para jogar mais um pan-americano, por que sinto que estou jogando bem e com bons resultados. Desde pequena sempre priorizei as competições onde representava o Brasil- Sul-americano, Pan-americano e acho que mereço, mais uma vez, representar o Brasil nesse Pan que vai ser no Rio de Janeiro”, contou Joana.

Fernanda Hermenegildo também avançou na competição após marcar 7/5, 4/6 e 6/0 em Nicole Buitoni e a juvenil Flavia Borges passou por Carolina Malheiros em dois sets, parciais de 6/4 e 6/3.

Fonte: Imprensa CBT
banner
banner