X

WTA estuda maximizar calendário para minimizar prejuízo de jogadoras

Terça, 31 de março 2020 às 12:06:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista com a agência Reuters, a WTA, Associação das Tenistas Profissionais, revelou estudos em ampliar a data de término do circuito feminino em busca de maximizar o calendário para minimizar o prejuízo das tenistas por conta dos cancelamentos.



 

"A WTA está fazendo diligências trabalhando com nossos torneios para maximizar as possibilidades de ganhos quando o circuito profissional for capaz de retornar e estamos considerando ampliar a temporada de 44 semanas para que mais torneios possam ser jogados", disse a entidade por email para a Reuters.

"É nossa sincera esperança em retornar o circuito o mais breve possível quando a saúde e segurança de nossas atletas, fãs e staff estejam garantidos, poderemos voltar a competir".

Os torneios estão suspensos desde o começo de março até pelo menos 7 de junho, mas a paralisação deve ser maior caso Wimbledon ratifique o cancelamento nesta quarta-feira, como é esperado.

"Desejamos que haja uma maneira em que todas, especialmente as que precisem mais, possam ser compensadas no nível que esperamos, mas as necessidades são tão grandes que a WTA infelizmente não tem dinheiro para fazee isso. As tenistas profissionais são independentes e quando os torneios não são realizados, coloca uma pausa nos ganhos delas".

"A WTA reconhece os desafios que essas atletas estão tendo assim como o de milhões de pessoas no mundo diante dessa situação sem precedentes."

O calendário feminino da WTA em princípio está previsto para terminar na primeira semana de novembro e o do masculino no fim daquele mês.

 

 

banner
banner