X

Britânico revela que acredita que não teremos mais tênis em 2020

Domingo, 29 de março 2020 às 11:38:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Ainda que o mundo todo esteja comovido adotando medidas de prevenção, a crise causada pelo coronavírus (COVID-19) não dá sinais de estar indo embora. Diante disso, o duplista britânico Ken Skupski não prevê um cenário otimista para o resto do ano.



“Minha opinião é que esse problema levará, pelo menos, seis meses para ser resolvido. Inclusive, acredito na possibilidade de que não retornemos ao circuito neste ano. Certamente, o que eu tenho quase certeza é de que não disputaremos a gira de grana. E ainda mais adiante, precisaria ser muito otimista para acreditar que vamos disputar o US Open”, contou o tenista de 36 anos em conversa com o jornal britânico Daily Mail.

“É uma loucura se pararmos para pensar que se passaram apenas sete semanas desde que a temporada começou e agora a vida mudou completamente. Agora é o momento de sermos realistas a respeito de tudo isso, nos darmos conta da importância do que está acontecendo aqui fora. Essa situação não será fácil para ninguém, pelo menos eu tenho a distração da minha família, dos meus filhos. Os tenistas precisam ser egoístas em seu ponto de vista, não me surpreenderia se alguns dos mais jovens sofrerem com esse panorama tão diferente”.

Ainda sobre as dificuldades financeiras que os tenistas vêm enfrentando, Skupski comenta que uma ajuda foi cogitada, mas até agora nada concreto. “Se vem falando por alto de uma ajuda por parte da ATP a seus jogadores, mas não espero por nada. Não estou contando com isso. É preciso tentar tirar o melhor dessa situação, uma das coisas positivas é que agora conheço melhor meus vizinhos. Nós somos a família mais jovem da nossa comunidade e já nos colocamos à disposição dos mais velhos para qualquer coisa que precisarem”, comentou.

banner
banner