X

Grã-Bretanha e Alemanha pedem cancelamento da Olimpíada

Segunda, 23 de março 2020 às 10:04:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

De acordo com reportagem do jornal inglês The Telegraph, o presidente do Comitê Olímpico da Grã-Bretanha Sebastian Coe concedeu uma entrevista ao canal BBC onde pediu pelo adiamento dos Jogos, por serem "inviáveis e indesejados" no momento.



Leia mais

Canadá de Andreescu, Aliassime e Shapovalov anuncia boicote à Olimpíada

"Ninguém quer ver os Jogos Olímpicos adiados, mas como já disse publicamente, não podemos realizar o evento a qualquer custo, certamente não ao custo da segurança dos atletas, e uma decisão no Comitê Olímpico Internacional (COI) deve ser muito óbvia e tomada muito rapidamente. Acredito que chegou a hora e devemos dar aos nossos atletas o descanso assim que pudermos", declarou.

Para Sebastian Coe, três coisas precisam ser observadas para determinar o adiamento dos Jogos: justa concorrência, risco de lesões e bem-estar emocional dos concorrentes.

O britânico recordou que na atual conjuntura há países mais afetados que outros, mas que em semanas a situação pode ser ainda mais grave em outros lugares, dado o desconhecimento da abrangência total da contaminação. "Não podemos mais esperar um campo de jogo justo e nivelado em nosso esporte, dado o número de atletas que estão lutando para treinar em vários países devido a medidas adotadas para reduzir a disseminação do coronavírus", ressaltou.

O presidente do Comitê Olímpico Britânico ainda destacou que na tentativa de estar em forma para os jogos, muitos atletas podem "exagerar" na preparação física, visto que ninguém está competindo e tendo ritmo de competição. Como resultado deste possível exagero, o mundo veria uma série de atletas olímpicos lesionados.

Horas depois a Alemanha seguiu a mesma linha e também pediu o adiamento dos Jogos Olímpicos.

 

banner
banner