X

'Grande feito. Algo que sempre sonhei,' vibra Wild

Segunda, 02 de março 2020 às 00:02:47 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Thiago Wild (Itaú/CBT/Asics/Wilson), atleta do Instituto Tennis Route, do Rio de Janeiro, fez história neste domingo no saibro de Santiago, no Chile, ao conquistar seu primeiro título nível ATP e se tornar, com 19 anos, o mais jovem brasileiro a vencer um título desse porte.



Leia Mais:

Semana para coroar o amadurecimento, afirma treinador de Wild

 

Wild, atual 182º colocado, natural de Marechal Candido Rondon (PR), derrotou o segundo favorito, o norueguês Casper Ruud, 38º colocado, por 7/5 4/6 6/3 após 2h16min de duração.

"É um grande feito, algo que sempre sonhei", disse Wild sobre a primeira conquista de ATP: "Estou muito feliz, foi uma semana com um furacão de coisas. Quero agradecer à organização do ATP de Santiago e a Octagon pelo convite e pela hospitalidade. Agradecer ao público brasileiro , minha equipe da Tennis Route e todo mundo que faz parte disso aqui", disse Thiago.

"A partida foi muito equilibrada,chances pros dois lados,saquei um pouco melhor no terceiro set , aproveitei minhas chances e pude sair com a vitória. Tive muitas chances no segundo set, dois ou três 0/30 no saque do Casper, não pude converter, tive que focar para tirar o melhor tênis no terceiro set",disse Wild que é o mais jovem desde Rafael Nadal a vencer um torneio da chamada Golden Swing, de eventos no saibro latino-americana, iniciado em 2001. Nadal foi campeão em 2005, em Acapulco, no México, com apenas 18 anos.

"Sempre tive o Rafa como um ídolo desde que comecei a jogar tênis com 5, 6 anos. Estou muito feliz com isso", apontou Wild que destacou a confiança para o restante da temporada, mas fincou os pés no chão e evita euforia com o daqui por diante.

"Não pensei mais adiante e sim que com essa semana eu ganho confiança para o restante da temporada", seguiu: "Não há muito o que pensar no que vou ser ou no que fiz antes, e sim no que está fazendo no momento, como estou jogando e como quero jogar, tenho que pensar no trabalho e nada mais".

Wild quebra um jejum de quase cinco anos sem títulos de ATP. O último havia sido Thomaz Bellucci em maio de 2015 com o troféu em Genebra, na Suíça. Ele passa a ser o nono brasileiro a ter conquistado um ATP. Gustavo Kuerten venceu 20 canecos, Luiz Mattar ganhou sete, Bellucci faturou quatro, Fernando Meligeni ganhou três, Jaime Oncins e Thomaz Koch venceram dois, Ricardo Mello e Carlos Alberto Kirmayr venceram um cada.

banner
banner