X

Nadal celebra: ‘Saio com sensação de dever cumprido’

Domingo, 01 de março 2020 às 13:29:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Na madrugada deste domingo o espanhol Rafael Nadal anotou sua quinta conquista no ATP 500 de Acapulco, que veio a ser seu título de número 85 na carreira. Segundo declarou em conversa com a imprensa, foi a total sensação de dever cumprido.



“Estou muito feliz pelo rendimento que apresentei essa semana. Esse é um título importante para mim em um momento chave dentro da temporada. Vinha de um início de ano um pouco abaixo do esperado. Acho que tive pouco tempo de descanso depois de conquistar a Copa Davis ano passado, então fiquei muito saturado para esse ano. Saio de Acapulco com a sensação de dever mais que cumprido. Vencer um dos melhores torneios do mundo é sempre um marco em minha carreira como tenista profissional, ainda mais quando as coisas não saíram bem como eu esperava aqui nos últimos anos. Agora vou apenas curtir o momento e me preparar para o que vem em seguida, que será Indian Wells, onde tenho muita confiança depositada”.

“Realmente não penso no futuro, apenas desfruto do momento atual. Vencer Acapulco não significa que será um grande ano, significa é um bom começo de ano, que me dá confiança para os próximos torneios. Esse triunfo me permite estar novamente na parte alta da lista da corrida para o ATP Finals. Além desse objetivo, já disse há meses que o propósito para esse ano é me manter o máximo saudável e conquistar o máximo de títulos possíveis”.

Seguindo com o assunto que abordou novamente nessa semana, Nadal ainda comentou como está planejando seu calendário para o ano, já que segue com a mentalidade de preservar seu corpo ao máximo, no ano que comemora seu 34º aniversário.

“É verdade que diversos torneios me contataram para que eu jogasse com eles, mas as coisas não são mais como antes. Preciso chegar com o físico e a mente bem, minha bateria não é ilimitada. Quando jovem me sobrava energia, mas agora preciso tomar decisões que não me agradam, pois preciso deixar de jogar torneios que gosto muito”, revelou.

banner
banner