X

Especial Roland Garros - Grandes Campeões

Sábado, 26 de maio 2007 às 10:35:00 AMT

Link Curto:

Bjorn Borg
As quadras de Roland Garros receberam incontáveis tenistas e muitos deles comprovadamente campeões. Mas nesse seleto grupo, alguns ainda se destacaram mais. Nesta coluna, vamos destacar as campanhas de quatro grandes vencedores do Grand Slam parisiense: Bjorn Borg, Ivan Lendl, Mats Wilander e Rafael Nadal.

Bjorn Borg

O sueco Bjorn Borg é o maior campeão de Roland Garros. Ele venceu o torneio nada menos do que seis vezes. Seu primeiro título veio em 1974, ao derrotar Manuel Orantes por 3 sets a 1, com parciais de 6/7, 6/0, 6/1 e 6/1. No ano seguinte, ele derrotou o argentino Guillermo Vilas, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/4 e levou a taça novamente.

As outras quatro conquistas foram consecutivas. Em 1978, ele superou o argentino Guillermo Vilas por 3 sets a 0, parciais de 6/1, 6/1 e 6/3. Em 1979, a vítima foi o paraguaio Victor Pecci, que caiu em quatro sets, parciais de 6/3, 6/1, 6/7 e 6/4. Em 1980, o oponente foi o americano Vitas Gerulaitis, que caiu rapidamente em três sets, parciais de 6/4, 6/1 e 6/2. O último troféu veio em 1981, em uma final disputadíssima diante de Ivan Lendl. Foi 3 sets a 2, com parciais de 6/1, 4/6, 6/2, 3/6 e 6/1.

Ivan Lendl

Ivan Lendl conquistou quatro títulos em Paris. Mas sua primeira aparição de destaque foi no vice-campeonato diante de Bjorn Borg, em 1981. O primeiro troféu, entretanto, só veio três anos depois, em 1984. Na ocasião, ele derrotou na final o americano John McEnroe, em cinco sets, com parciais de 3/6, 2/6, 6/4, 7/5 e 7/5. No ano seguinte, ele foi à final, mas perdeu para Mats Wilander.

Os outros títulos vieram em anos consecutivos. Em 1986, ele derrotou o sueco Mikael Pernforns por 3 a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/4. Já em 1987,a vítima foi Mats Wilander, que caiu por 3 a 1, com parciais de 7/5, 6/2, 3/6 e 7/6.

Mats Wilander

O primeiro troféu de Mats Wilander veio em 1982. Na ocasião, ele superou o argentino Guillermo Vilas por 3 sets a 1, com parciais de 1/6, 7/6, 6/0 e 6/4. No ano seguinte, ele perdeu para Yannick Noah na final.

Ele voltou a levantar a taça em 1985, derrotando Ivan Lendl na decisão por 3 sets a 1, parciais de 3/6, 6/4, 6/2 e 6/2. Em 1987, ele foi vice e derrotado por Lendl. Seu último triunfo veio em 1988, ao derrotar o francês Henri Leconte na final, por 3 a 0, com parciais de 7/5, 6/2 e 6/1.

Rafael Nadal

Rafael Nadal já é bicampeão em Roland Garros e com uma característica marcante: ele jamais perdeu uma partida no saibro de Paris. Sua primeira participação ocorreu em 2005 e ele já faturou o título, derrotando o argentino Mariano Puerta na final. A partida foi 3 sets a 1, com parciais de 6/7, 6/3, 6/1 e 7/5. No ano seguinte, novo título. Desta vez, a vítima na final foi o número 1 do mundo Roger Federer. O jogo foi 3 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/1, 6/4 e 7/6 (4).
banner
banner