X

Federer fica sem técnico até o fim de Wimbledon

Segunda, 14 de maio 2007 às 13:53:29 AMT

Link Curto:

Federer - RG V
O tenista suíço Roger Federer confirmou nesta segunda-feira que não buscará a curto prazo um novo treinador após romper com seu ex-técnico, o australiano Tony roche no último final de semana ao fim de sua participação no Masters Series de Roma.

Leia Mais:
Federer aponta para novo treinador australiano. Hewitt quer Roche

"Definitivamente não vou buscar um treinador para Roland Garros e Wimbledon. Não sei aonde me levaria e não quero ninguém interferindo na minha preparação e meus torneios", declarou o tenista que está em Hamburgo e vai estrear apenas na quarta-feira contra o argentino Juan Monaco.

O número 1 do mundo admitiu que pode se limitar a encontrar alguém que apenas ajude nos treinos e que a decisão de romper com Roche era algo que vinha pensando há alguns meses: "Somos bons amigos e ele me ajudou muito nos últimos anos. Mesmo assim, só estávamos juntos 15 semanas no ano e as distâncias não são fáceis de superar..."

O tenista avaliou sua campanha no piso de saibro este ano e descartou uma possível má fase: "Em Monte Carlo alcancei a final e fiquei feliz com meu tênis a partir das quartas de final. A semana em Roma foi decepcionante, mas basicamente foi um torneio. Em Indian Wells fiquei incomodado com as bolhas e Miami joguei bem, mas acabei derrotado. Nada mudou no meu ponto de vista".
banner
banner