X

Ão ão ão Davydenko amarelão!

Sábado, 12 de maio 2007 às 15:46:23 AMT

Link Curto:

Nikolay Davydenko - Roma 07 II

Por Fabrizio Gallas

Quando eu digo que o Novak Djokovic e o Andy Roddick são os reais número 3 e 4 do mundo (ambos lutam por essa posição com dureza) não é por acaso. E hoje minha tese foi reforçada. Um grande jogo de tênis em que Rafael Nadal se superou para vencer o Robocop Nikolay Davydenko por 7/6 6/7 6/4 em pouco menos de quatro horas de jogo.

Leia Mais:
Davydenko será número 3 do mundo

O russo será número três do mundo na semana que vem, mas mais uma vez eu digo: ele não merece! Davydenko tem golpes potentes de fundo, sufoca o adversário, mas tem um saque ruim e apenas aparente ser frio. Quando chega a hora “H”, onde a cobra fuma, a onça bebe água, ele “pipoca”, “treme”. Hoje foi assim contra Nadal. O espanhol jogou seu pior jogo na temporada de saibro esse ano. Muito passivo ele apenas empurrava a bola pro outro lado e Davydenko dava pancadaria.

O russo teve tudo para acabar com a série inviocta de Nadal que foi ampliada para 76 triunfos seguidos. Mas em várias chances ele não concretizou. No primeiro set, perdeu um set point e jogou mal o tie-break. No segundo fechou apenas no sexto set-point após muito custo. No terceiro, teve pontos importantes com a bola na mão e errou na rede. Essa não é a primeira vez que Davydenko tem a chance de fazer um estrago e vencer um jogo importante.

Ele nunca ganhou de Roger Federer, agora tem défict de 2 a 0 pra Nadal, nunca ganhou um Masters Series, nunca chegou a uma final de Grand Slam. Esse jogador só ganha torneio ATP médio porte,àqueles em que é muito superior aos outros. Quando a coisa aperta, o adversário do outro lado da rede é de respeito, ele tem chances, mas não concretiza.

Minha pergunta é: pode um jogador assim ser número 3 do mundo ? Para mim é mais importante o Marat Safin, que é o 26o. do mundo, o Lleyton Hewitt que é o 20o., o David Nalbandian que é o 17o. Nikolay é apenas um bom jogador, para ser diferenciado ele precisa ganhar alguma coisa, o que não fez até agora.

E assim eu finalizo: Ão ão ão Davydenko Amarelão!
banner
banner