X

Copa Gedore define finalistas neste sábado

Sexta, 11 de maio 2007 às 18:49:00 AMT

Link Curto:

Tênis Juvenil
Com previsão de sol e temperaturas um pouco maiores do que no início da semana, quando a mínima ficou abaixo dos 10 graus, a Copa Gedore definirá neste sábado o nome dos finalistas do torneio válido pelo Grupo I da Confederação Brasileira de Tênis. Os jogos começam às 9h, com entrada franca nas quadras do São Leopoldo Tênis Clube. E se depender da vontade e da garra demonstradas em quadra, o público pode esperar confrontos muito disputados em todas as categorias.

Nos 18 anos masculino, que dará um wild card (convite) para que o campeão dispute o future São Léo Open, torneio válido pelo ranking mundial, o principal favorito, Gustavo Kleine, de Santa Catarina, venceu um dos confrontos mais longos do torneio diante do paranaense Thiago Slonik. Kleine perdeu o primeiro set por 7/6(4), mas recuperou-se depois, fechando em 7/6(2) e 7/5. A partida teve quase quatro horas de duração. Seu adversário será o também catarinense Thales Turini, que passou por Caio Claudino, de São Paulo, por 6/4 e 7/6(2). "Foi o meu jogo mais difícil até agora. Vim para São Leopoldo disposto a conquistar o título e o convite para o São Léo Open. Estou jogando bem concentrado e sólido no fundo de quadra. Mas aqui não tem partida fácil. O pessoal dos 18 anos geralmente tem uma boa experiência. E a semifinal vai ser outro jogo duro", afirma. Kleine e Turini, além de Slonik, são integrantes do Instituto Tênis e estão em São Leopoldo acompanhados do técnico Ivan Kley.

Já o porto-alegrense Fabricio Neis (Olympikus/Head), da Associação Leopoldina Juvenil, é o único gaúcho classificado às semifinais da categoria 18 anos. Mesmo com um princípio de lesão na virilha da perna direita, o tenista treinado por Eleutério Martins e Miguel Kelbert fez outra boa apresentação diante do conterrâneo Bernardo Fernandes e fechou o jogo em 6/1 e 6/4. Seu adversário na busca por um lugar na decisão será João Costa, do Mato Grosso do Sul, que eliminou o paulista André Vidaller por 6/2 e 6/0. "Não está fácil. Mas vou fazer um tratamento intensivo para ver se melhoro até a semifinal", disse Neis, com relação ao problema na perna.

Os 16 anos masculino terá em quadra três integrantes do Instituto Gaúcho de Tênis. Eduardo Bencke, Guilherme Clezar e Eduardo Dischinger venceram seus confrontos das quartas-de-final, assim como o também gaúcho João Lindner, garantindo por antecipação o título desta categoria para o Rio Grande do Sul. O campeão também receberá um wild card para o qualifying do São Léo Open de Tênis, o que dá um incentivo a mais aos finalistas. "Em primeiro lugar estou preocupado em jogar bem. Mas é claro que a gente sempre pensa em vencer. Estou bem focado dentro de quadra e espero continuar evoluindo ao longo do torneio", ressalta o jogador que está em São Leopoldo sob o olhar atento dos técnicos Fernando Roese e Eduardo Frick. Nesta sexta-feira ele venceu o cearense Alfredo Neto por 6/4 e 7/6(7). Seu adversário será o colega de treinos no Instituto Gaúcho, Guilherme Clézar, que eliminou o paranaense Lucas Simm por 6/1 e 6/0. A outra semifinal reunirá Eduardo Bencke e João Laydner.

FEMININO - A gaúcha Raquel Pilcher precisou modificar a sua tática para garantir presença nas semifinais da categoria 16 anos feminino da Copa Gedore. Depois de perder o primeiro set levando o famoso pneu, 6/0, a atleta que treina em Pelotas com o técnico Mauro Brandão recuperou e teve forças para fechar os dois sets em 6/4. "Nossa, eu estava apavorada no primeiro set. Minha adversária estava acertando tudo. Então decidi começar a passar a bola e deu certo. Agora quero ir para a final", disse a tenista, que neste ano já conta com o título da etapa Joinville do Circuito Unimed. Sua adversária neste sábado será a catarinense Gabriela Eufrasio, que venceu Nikaelli Maciel, também de Santa Catarina, por 6/1 e 6/0.

banner
banner