X

Bellucci vence Giannessi de virada em Santiago e vai à semi

Sexta, 08 de março 2019 às 19:45:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O paulista Thomaz Bellucci, 232º da ATP e número três do Brasil, virou um jogo pela segunda vez na semana e desta vez sofreu mesmo por três sets para bater o italiano Alessandro Giannessi, 169º, e está na semifinal do Challenger de Santiago.



Bellucci, que abriu a campanha em Santiago virando o primeiro set contra Renzo Olivo com 2/5 abaixo, precisou de 2h42 para fechar o placar contra Giannessi em 3/6 6/4 6/4 tendo convertido três aces contra um do italiano, que venceu 69% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 73% de aproveitamento do brasileiro.

"Foi um jogo duro hoje. Não comecei muito bem na partida. Comecei cometendo muitos erros e ele estava bem mais consistente do que eu e levou o primeiro set. No segundo, eu achei que joguei um pouco melhor, consegui entrar mais nos pontos e mesmo perdendo várias chances, consegui um break e segurei até o fim do set. No terceiro foi meio parecido. Perdi muito break point, mas continuei firme na partida e mentalmente forte. Foi no detalhe e para mim foi muito bom para a confiança," disse Bellucci através de sua assessoria de imprensa.

O brasileiro acredita que os bons resultados nas duplas, em que foi vice-campeão do Rio Open e semifinalista do Brasil Open, em ambos os torneios ao lado de Rogério Dutra Silva, fizeram a diferença: "No começo da semana, no primeiro jogo senti um pouco a diferença de tantos dias jogando duplas, mas logo me adaptei. Foi super importante. Ganhar jogo sempre faz a diferença".

Na semifinal, Bellucci encara o boliviano Hugo Dellien, que dominou o belga Kimmer Copperjans em 6/4 6/1, a quem enfrentou e foi derrotado em duas oportunidades no circuito profissional, ambas em 2018. Mesmo com o confronto em negativo, Bellucci está motivado para o duelo: "Vou tentar aproveitar essa confiança para entrar com tudo no jogo."

Esta já é a melhor campanha de Thomaz Bellucci no ano e a melhor nos últimos seis meses, quando o tenista alcançou semifinal no Challenger de Gênova, na Itália.

 

banner
banner