X

Nadal x Berdych - A Revanche ou o Fim do Reinado ?

Sexta, 20 de abril 2007 às 17:55:08 AMT

Link Curto:

Nadal - Melbourne 07 II
O sábado dia 21 de abril, pode marcar duas vertentes para Rafael Nadal, número dois do mundo. Ou ele consegue a Revanche diante de Tomas Berdych, sua pedra no sapato, ou então termina seu Reinado de atuais 65 vitórias consecutivas no piso lento que dura mais de 2 anos, desde abril de 2005.

A batalha contra Berdych que vale vaga na final do Masters Series de Monte Carlo, certamente será mais díficil que as três fáceis vitórias que o espanhol já teve em terras monegascas. Apesar do tcheco não ser adepto do pó de tijolo e ter um pouco de dificuldade, Berdych vem mostrando coração forte e virou seus últimos dois jogos contra Robin Soderling nesta sexta e o especialista espanhol Tommy Robredo na quinta.

Sem dúvidas, Nadal é o favorito. Os números e seu desempenho na semana dizem isso. São 2 títulos seguidos de Roland Garros, 2 em Mônaco, 2 em Roma, estes os mais importantes. Sua única vitória, em quatro encontros contra o tenista do leste europeu, foi justamento no saibro, na final em Bastad (Suécia) 2005. Mesmo assim, foi um jogo duro, vencido apenas no terceiro set.

Voltando um pouco no tempo, Berdych foi, um certo dia, um "estraga-prazeres". Sua primeira aparição, veio em um triunfo sobre Roger Federer, na segunda rodada dos Jogos Olímpícos de Atenas, em 2004. Com apenas 19 anos, ele virava uma partida e batia o suíço, que iniciava seu reinado na ponta do ranking e eximia todas as chances do principal favorito ao título na Olimpíada, competição que acontece de 4 em 4 anos.

Berdych certamente virá com tudo para acabar e estragar a festa de Nadal. Assim como Federer é o homem a ser batido em todos os torneios que joga, Nadal é o cara no saibro, e Berdych sabe como vencê-lo.

Nadal, por sua vez, ficou enfurecido, não só por perder 3 vezes seguidas ao seu rival de amanhã, mas, pela última vez, um gesto desnecessário, feito pelo tcheco. Após derrotar o espanhol em Madrid no último outubro, Berdych mandou a torcida espanhola calar a boca, e isso repercutiu em muitas críticas do espanhol.

Será uma bela batalha imperdível!
banner
banner