X

WTA aprova novas mudanças para 2009

Quarta, 28 de março 2007 às 09:05:00 AMT

Link Curto:

WTA
A WTA, circuito feminino de tênis profissional, divulgou nesta terça-feira mudanças no calendário de competição para o ano de 2009. Dentre as propostas estão os locais que receberão os torneios combinados de tênis (masculino e feminino): Madri (ESP), Pequim (CHN), Indian Wells e Miami (EUA), além de eventos com premiação maior e redução do calendário.



No comunicado, a WTA anuncia a temporada menor, iniciando em janeiro e indo até o mês de outubro, e as tenistas terão nove semanas de descanso, duas a mais que hoje em dia.

O número de torneios importantes cairá de 26 para 20, com quatro principais obrigatórios. Além disso, haverá um aumento dos prêmios e o circuito distribuirá cerca de US$ 78 milhões. Além disso, será feito "um calendário mais saudável" para as jogadoras mais importantes, com mais descanso para as melhores depois dos Grand Slams e uma redução do número de torneios obrigatórios por ano, de 13 para dez.

Outro objetivo da WTA é ter a presença das melhores jogadoras nos torneios, e a entidade promete aumento nas multas para desistências.

A presença na China, mercado que vem crescendo tanto para a WTA como para a ATP, é cada vez mais evidente. O torneio obrigatório feminino de Pequim terá a possibilidade de revezar com Shanghai, imitando a fórmula usada no Canadá com Toronto e Montreal. A WTA também abrirá um escritório em Pequim.

O sistema de ranking será baseado em 16 resultados, com penalização de pontos para as tenistas que não participarem dos torneios importantes aos quais já tenham se comprometido. Também haverá uma penalização em caso de falta num Grand Slam ou no Masters da WTA.

Confira os 20 torneios do circuito WTA, distribuídos regionalmente:

* Europa: Berlim, Eastbourne, Madri, Moscou, Paris, Roma e Stuttgart.

* América do Norte: Charleston, Cincinnati, Indian Wells, Los Angeles, Miami, Montreal/Toronto, New Haven e Stanford.

* Ásia-Pacífico-Oriente Médio: Pequim, Doha, Dubai, Sydney e Tóquio.

banner
banner