X

Murray acredita que pode chegar ao Top 10

Sexta, 23 de março 2007 às 20:19:04 AMT

Link Curto:

Andy Murray - Melbourne 07
Andy Murray acredita que os quatros dias que reservou para descansar serão suficientes para colocá-lo em forma para lutar pelo título do Master Series de Miami e ajudá-lo a chegar ao top 10.

O jogador de 19 anos brilhou no Master Series de Indian Wells após sua heróica batalha contra contusões no tornozelo e no quadril durante as semifinais contra Novak Djokovic. Murray admitiu que quase abandonou a partida contra Tommy Haas nas quartas de final após sentir dores, mas espera voltar em excelente forma física para disputar o segundo Master Series do ano.

Murray, que enfrentará Paul Goldstein pela segunda rodada, pois recebeu um “bye”, disse: “Eu não estou preocupado com nada a longo prazo, mas espero estar pronto para Miami. Depois de alguns dias de descanso eu me sinto melhor. Agora, Miami, é a prioridade número um. Eu só quero me esforçar 110% e aproveitar um dia após o outro.”

A performance de Murray em Indian Wells o alçou às 12ª colocação no ranking e se ele tiver uma boa atuação essa semana irá finalmente chegar ao tão sonhado grupo dos top 10. O escocês foi derrotado pelo suíço Stanislas Wawrinka na primeira rodada do ano passado e a vitória sobre Goldstein não será suficiente para colocá-lo entre os 10 melhores do mundo.

Andy Murray precisa de uma seqüência de resultados na Flórida semelhante com a que teve semana passada na Califórnia. “Chegar a uma semifinal de um Masters Series é ótimo. Eu venci dois top 10 (Haas e Nikolay Davydenko) que estão jogando muito bem nessa temporada. Agora eu estou chegando perto do top 10 e eu não tenho muitos pontos para defender nesse torneio.”

O segundo colocado no ranking britânico, Tim Henman, jogou apenas sua quarta partida no ano, quando perdeu para o argentino Guillermo Cañas ontem à noite. Henman não pôde participar do Australian Open devido a uma contusão e foi eliminado em Las Vegas ainda na fase de round-robin. Depois ele também perdeu na primeira rodada de Indian Wells contra Jan Hernych.

Canãs, que veio de dois jogos pelo qualifying para participar da chave principal, joga seu segundo torneio de alto nível desde que voltou de uma suspensão de 15 meses por uso de substâncias proibidas. Mas o tenista de 29 anos chegou às manchetes após derrotar o tenista número um do mundo, Roger Federer, e encerrar uma série de 41 vitórias consecutivas do suíço.

Enquanto isso, a vencedora do Australian Open, Serena Williams, está cheia de expectativa quanto ao torneio realizado em Miami. “Eu estou pronta para mostrar muita vontade em me sair bem aqui”, disse a tri-campeã do torneio. “É um jogo de cada vez.”

Williams que bateu Maria Sharapova na final em Melbourne em janeiro, não vem jogando competitivamente desde então.

Dessa vez, ela e a irmã Venus caíram na mesma chave. Serena, 13ª cabeça-de-chave, vai enfrentar Yulia Fedak da Ucrânia na primeira rodada. "Eu tenho treinado bastante, tanto com Venus quanto com meu treinador.” Disse Williams que está na 18ª colocação na WTA. "Eu melhoro muito quando treino com Venus. Ela é a melhor jogadora, o jogo dela é muito sólido.”

Williams acredita que pode ser invencível. "Eu nunca venho para um torneio pensado que vou perder. Não importa o que aconteceu no passado ou que eu não esteja ganhando. Eu sempre penso que tenho uma grande chance de vencer.”
banner
banner