X

Nadal, Federer e Roddick se rebelam contra a ATP

Sexta, 23 de março 2007 às 14:26:48 AMT

Link Curto:

Federer x Nadal - Monaco
A tensão já está chegando ao limite com os jogadores Rafael Nadal, Roger Federer e Andy Roddick. Os três vem comandando uma rebelião contra o plano do presidente da ATP Etienne de Villiers de aplicar mudanças no circuito de saibro.

A ATP pretende rebaixar dois tradicionais torneios Masters Series do saibro (Monte Carlo e Hamburgo) e criar um evento grande com 12 dias que seria em Roma ou Madrid.

Nadal, recordista de vitórias seguidas na superfície, 62, é o que mais reclama pois a decisão da entidade. Ele liderou um abaixo assinado junto com Roddick e mais outros 63 jogadores que foi entregue na terça-feira a De Villiers.

Federer também concorda com o espanhol em relação as criticas direcionadas a ATP. O suíço já havia alertado o presidente duas semanas atrás em Dubai, falando para ele não "misturar as coisas" e "deixar o tênis como é".

"Muitos tenistas saibreiros estão descontentes. Temos que falar com mais jogadores e ver o que fazemos", disse Nadal ao "The Times".

O descontentamento dos jogadores já vinha desde o torneio de Indian Wells na semana passada e ficou maior ainda na noite de terça quando os tenistas entregaram a carta à De Villiers.

"Mais do que o round-robin o que deveria preocupar os jogadores é a barbaridade que querem fazer com a temporada européia de saibro", disse o número dois do mundo à agência DPA da Alemanha. Lembrando que nesta semana o round-robin já foi extinto pela entidade.

O intuito do presidente, ex-executivo da Disney, é fazer do tênis um negócio, levando torneios maiores para lugares onde possa explorar o mercado local. Uma das intensões é criar um mini-Grand Slam na China onde Pequim e Shanghai brigam pela sede.

A rebelião dos jogadores atrapalha os planos da ATP em firmar o acordo dos torneios na Europa e Ásia já que eles pretendem anunciar a escolha no fim do torneio de Miami, dia 1o. de abril.
banner
banner