X

Mello bate tcheco e enfrenta Nadal na 2a. rodada em Miami

Quarta, 21 de março 2007 às 18:03:44 AMT

Link Curto:

Ricardo Mello - Miami
Parece que os ares de Miami e talvez a proximidade da Copa Davis vem fazendo bem a Ricardo Mello. O número 3 do Brasil conseguiu ótimo vitória sobre o tcheco Jan Hernych, número 72 do ranking, por 6/1 7/6 (7/3) em 1h30min na primeira rodada da chave principal do Masters Series de Miami e se classificou para a segunda fase onde enfrenta nada mais nada menos que o espanhol Rafael Nadal, número dois do mundo e campeão no último domingo em Indian Wells.

Foto: Guillermo Valle - Tenisecuador.com

Leia Também:
Mello será novo número 2 do país

Mello, 127o. do ranking, não vinha em boa temporada onde havia conseguido apenas três vitórias e sequer uma vaguinha em quartas de final de challengers, mas escolheu justamente o segundo Masters Series do ano para mostrar seu melhor tênis. Ele precisou passar pelo torneio classificatório onde derrotou em dois sets o tcheco Tomas Zib e o paraguaio Ramon Delgado.

Nesta quarta o tenista teve não só que enfrentar o tcheco Hernych (que havia derrotado Gustavo Kuerten semanas atrás em Las Vegas) bem como a chuva que atrasou o início da partida e paralizou no meio do primeiro set quando o brasileiro vencia por 4/1. Na volta da interrupção o campineiro manteve o ritmo, voltou a quebrar e fez 6/1.

No segundo set, o brasileiro perdeu algumas chances que poderiam dar o triunfo com mais tranquilidade. Ele teve 4 break-points, algunz com o segundo saque do oponente, mas teve que vencer apenas no desempate com dois mini-breaks: 7/6 (7/3).

Esta é a terceira vitória de Mello na chave principal ém sua história na Flórida. Em 2004 e 2005 ele havia passado da primeira rodada - no ano passado não jogou. É também sua quarta vitória em eventos Masters Series. Além dos triunfos em Miami ele também venceu um jogo em Montreal (Canadá) em 2005.

A vitória de hoje marca também o primeiro triunfo nacional em um Masters Series nessa temporada e também a maior vitória brasileira do ano, já que não participamos do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam do ano. O torneio disputado no Crandon Park distribui US$ 3,45 milhões em prêmios e é considerado o quinto maior do mundo, com uma chave de 96 jogadores.

Agora a missão de Mello em ir para a terceira fase fica muito complicada. Ele terá pela frente nada mais nada menos que o vice-campeão de 2005, dono de 18 títulos na carreira, número 2 do ranking, o espanhol Rafael Nadal que entrou de bye na primeira fase. Os dois já atuaram uma vez há um ano e meio atrás, no Masters Series canadense, onde Nadal arrancou para o título com um 6/2 6/1 sobre o brazuca. Sobre quadras de saibro foi um encontro no Brasil Open em 2005 quando Nadal venceu em três sets.

A partida deve acontecer na sexta-feira ou no sábado e será uma janela importante para o tenista buscar não só uma grande vitória bem como garantir pontos para entrar ao time principal da Copa Davis contra o Canadá em abril.
banner
banner