X

Diário de Salinas - Futebol Resto do Mundo x Argentinos e Uruguaios

Quinta, 08 de março 2007 às 00:15:00 AMT

Link Curto:

Futebol

Por Fabrizio Gallas, direto de Salinas (Equador) -

Um dia de muito trabalho na parte da manhã e tarde com cinco brasileiros em quadra e as boas atuações de Thiago Alves, Andre Ghem e Marcos Daniel, classificados para as quartas de final. Na sequência o tradicional futebol do challenger de Salinas que reune os jogadores do evento em que participei (único intruso da imprensa) com uma partida entre argentinos e uruguaios versus resto do mundo.

Bem vamos falar do futebol pois a notícia dos jogos você pode ler no site. A programação do torneio nesta quarta foi feita justamente para os tenistas desfrutarem do futebol que acontece todos os anos, com quase todos os jogos começando na manhã e apenas um jogo na noite por conta da televisão.

Às 19h horário local, 21h no Brasil, fomos para o campo que fica na entrada da cidade a 10 minutos de carro do Salinas Yatch Club. Um aquecimento básico e a formação do time não podia ser diferente do normal. De um lado o time do mundo contando com os brasileiros Emerson Lima, técnico de Júlio Silva, Rogério Dutra Silva e Alexandre Simoni, e Marcus Vinicius Barbosa, treinador de Ricardo Mello e André Sá (que não esteve no Equador). Fernando Vicente, espanhol ex-top 30 do mundo, Santiago Gonzalez, do México, Fabio Gorietti, treinador do italiano de Paolo Lorenzi e eu é claro. A outra equipe contava com os argentinos Cristian Villagran, Brian Dabul, Hugo Armando (argentino naturalizado americano) os uruguaios Marcel Felder e Pablo Cuevas e no gol o médico do torneio e equatoriano Fernando Boada (para completar).

A partida foi muito disputada e os argentinos/uruguaios começaram na frente, abriram 4 a 2 no primeiro tempo. Bem, eu joguei na linha, mais ou menos, não jogo futebol há um tempinho, fui mais ou menos. Claro, depois fui para o gol e lá fiquei até o final quando agarrei bem. Nosso time reagiu empatamos, chegamos a estar na frente no segundo tempo, mas terminamos empatados 7 a 7 e perdemos nos pênaltis, apenas amistoso.

Destaques do jogo para Felder que joga direitinho, baixinho rápido, Villagran que corre bem, Emérson Lima que tem boa técnica e Fernando Vicente que tem um bom toque de bola. Marcus Vinícius, o Bocão, é alto, e posso descrevê-lo como um zagueirão, ficou o tempo todo atrás e ajudou bastante.

No fim, todos bem cansados claro, alguns tinham jogado partida mais cedo, como Vicente que vinha de uma dupla. O resultado justo e valeu a brincadeira, muito legal o jogo para nosso nível.

Voltando ao tênis, Thiago Alves conseguiu a segunda vitória seguida e atingiu a primeira quartas de final do ano. ele vai defender os pontos do ano passado portanto permanece como número 1 do país. Boa partida do Thiago, muito calor no Equador e ele se saiu bem na parte física. Terá um jogo duro diante do argentino Juan Pablo Brzezicki, o catimbeiro. Marcos Daniel surpreendeu pois o suíço Michael Lammer parecia que complicaria, mas o gaúcho saiu-se bem e fechou fácil. Amanhão pega o qualifier Horacio Zeballos que busca seu espaço no circuito. Canhoto, Zabellos é perigoso. Ghem bateu o saibreiro argentino Villagran e agora pega um tenista típico de quadra rápida, Natan Healey da Austrália. O maior desafio dos brasileiros, vai ser difícil.

Bem, amanhã voltamos amanhã, a para não me esquecer, a partida de futebol tinha torcida sim que participou do jogo, foi legal. Fui!
banner
banner