X

Após polêmica, Blake reclama de round rubin

Sábado, 03 de março 2007 às 18:40:30 AMT

Link Curto:

James Blake - Indian Wells
Eliminado, classificado e novamente eliminado. A indefinição em relação à sua condição foi a gota d'água para o americano James Blake reclamar do sistema round rubin, que foi utilizado no ATP de Las Vegas. Para o número 6 do mundo, está claro que o sistema não agradou e que deveria ser jogado para escanteio.

"Se alguma coisa de útil poderia ser feita, é a revisão ou o término em definitivo do sistema round rubin" - avisou um transtornado Blake, em entrevista após a confusão.

Tudo começou quando o americano foi derrotado pelo russo Evgeny Korolev, que por sua vez foi batido pelo argentino Juan Martin Del Potro. Quando encarava o jovem tenista sul-americano, Blake vencia a partida com facilidade, mas o seu oponente abandonou o jogo.

Diante da situação, Del Potro foi descartado de um eventual empate triplo devido à desistência. Com isso, mesmo com um saldo pior, Korolev levou a melhor, por ter derrotado James Blake.

Para piorar as coisas, a ATP ficou confusa com o próprio regulamento. Primeiro, deu a vaga a Korolev. Depois de algum tempo, resolveram que o classificado seria Blake e que haveria sim um empate triplo. Diante da polêmica e de acusações fortes por nomes como Lleyton Hewitt e Marat Safin, a Associação dos Tenistas Profissionais voltou atrás novamente e classificou o russo.

Para Blake, a única chance de o formato resistir é ser revisto: "É preciso ser melhor observado. Cada semana é um problema diferente" - assegurou.

Apesar de inconformado, o americano respeitou a decisão: "Após ouvir todas as explicações, eu entendi a regra. Korolev merece estar nas quartas de final" - encerrou.
banner
banner