X

Serena Williams vai à final e busca o Tri na Austrália

Quinta, 25 de janeiro 2007 às 03:00:00 AMT

Link Curto:

Serena Williams - Melbourne 07 III
No início do torneio, poucas pessoas apostaram na condi~ção da tenista americana Serena Williams, 81a. do ranking, em disputar a final do Aberto da Austrália em 2007. Ela vinha de apenas um torneio disputado em quatro meses (desde o último US Open), mas surpreendeu a todos. Nesta quinta a ex-número 1 do mundo passou pela jovem tcheca de 17 anos, Nicole Vaidisova, 12a. colocada por 7/6 (7/5) 6/4 e espera por Kim Clijsters ou Maria Sharapova na grande decisão de sábado.

Serena tentará o tricampeonato na Austrália. Ela parece que gosta de jogar em anos ímpares. Venceu em 2003, 2005 e tem a chance de conquistar nesta temporada.

Ao todo ela possui 7 títulos de Grand Slam sendo mais 2 Wimbledon, 2 US open e uma no saibro de Roland Garros. Enquanto isso a tcheca perde pela segudna vez a chance de decidir um Major. Ela caiu na penúltima fase também em Roland Garros no ano passado.

Um primeiro set cheio de reviravoltas e com muitos erros não-forçados dos dois lados. Vaidisova começou bem e abriu uma quebra e 2/0, mas a americana tratou de empatar o jogo. No nono game a tcheca voltou a ter a vantagem e sacou para set. Ela teve um set-point, não aproveitado. No tie-break tudo parecia na mão de Serena que fez 5 a 1 com dois mini-breaks. Mas ela desperdiçou ambos com duas duplas-faltas. Vaidisova empatou 5 a 5, mas perdeu o set após cometer um erro na rede: 7/6 (7/5) para Williams em demorados 58 minutos.

O segundo set foi todo da americana. Apesar de um início titubeante quando quebrou, fez 1/0, mas sofreu o empate. Daí em diante foram duas quwbras para a americana que abriu 5/1. A tcheca chegou a esboçar uma reação devolvendo uma das quebras. Ela chegou a salvar cinco match-points, mas acabou derrotada pro 6/4.

"Uhu!!! Ela jogou muito bem nos meus match-points. Tentei ficar calma, focada, agradeço a torcida pelo apóio nas situações difíceis. Estou muito excitada em disputar minha terceira final aqui", comemorou a americana que pega a vice-líder do ranking, Maria Sharapova ou a belga kim Clijsters, 5a. colocada, na decisão. Contra a russa quatro jogos e duas vitórias para cada. Diante da belga o retrospecto é amplamente favorável. São sete triunfos em oito jogos.
banner
banner