X

Clijsters elimina Hingis outra vez e duela com Sharapova

Quarta, 24 de janeiro 2007 às 02:57:11 AMT

Link Curto:

Kim Clijsters - Melbourne 07 II
A belga Kim Clijsters consquitou grande virada sobre a suíça Martina Hingis e se garantiu na semifinal do Australian Open 2007. A número 5 do mundo marcou 3/6 6/4 6/3 em 2h02min sobre a sétima colocada e repete a campanha do ano passado quando perdeu por desistência no terceiro set para a campeã Amelie Mauresmo. Sua adversária será a russa Maria Sharapova que independente do resultado se tornará número 1 do mundo no ranking da próxima segunda-feira.

A partida foi marcada por diferentes estilos das jogadoras. De um lado a vencedora Clijsters priorizou sua característica de agressividade, golpes planos e também muitos erros não-forçados. Do outro, a talentosa Hingis buscou variação, deixadas, slices, bolas com peso, bolas altas, errando pouco.

Hingis começou melhor o jogo e com muita regularidade quebrou três vezes contra uma o saque de Clijsters para fechar em 6/3. No segundo set, Clijsters abriu 5/2 com duas quebras, deixou a suíça encostar, mas fechou em 6/4. Martina, tricampeã entre 1997 e 1999, parecia que venceria a partida. No início da terceira parcial abriu 2/0 mostrando muita confiança. Mas deixou o jogo escapar. A belga empatou e voltou a quebrar no sétimo game para depois fechar no game de saque da oponente por 6/3.

Este foi o nono jogo entre as duas e agora Clijsters tem a vantagem por 5 a 4. O detalhe é que a belga agora tem 4 vitórias consecutivas sobre a rival, três em 2006, e todas em quartas de finais em torneios. No ano passado, Kim venceu Hingis exatamente nas quartas em Melbourne.

Clijsters, campeã do US Open em 2005, seu único Grand Slam na carreira, enfrenta a atual campeã em Nova York, a russa Maria Sharapova, atual vice-líder do ranking. Será o sétimo duelo entre as duas. Sharapova venceu os dois últimos em San Diego e na Masters de Madrid em 2006.

Clijsters alcança sua quinta semi seguida de Grand Slam. Em 2005 foi campeã nos EUA, depois foi semi na Austrália, Roland Garros, Wimbledon e não jogou no US Open do ano passado.
banner
banner