X

Roddick arrasa e espera Federer nas semifinais do Australian Open

Terça, 23 de janeiro 2007 às 04:05:00 AMT

Link Curto:

Roddick - Melbourne 07 II
Muito mais fácil do que se esperava. Era notável o favoritismo de Andy Roddick no duelo americano contra seu amigo Mardy Fish, único não cabeça-de-chave nas quartas de final do Australian Open. Mas a partida foi muito mais fácil para o sétimo colocado do ranking da ATP. Roddick marcou um triplo 6/2 em 1h27min e foi o primeiro tenista a garantir vaga nas semifinais do primeiro Grand Slam da temporada. Seu adversário será o suíço Roger Federer.

Roddick alcança pela segunda vez a penúltima fase em Melbourne. Em 2005 ele perdeu para o vice-campeão Lleyton Hewitt. No ano seguinte era tido para fazer a final, mas foi surpreendido pelo cipriota Marcos Baghdatis.

Esta foi sua partida mais tranquila no torneio. Roddick teve dificuldades na estréia contra o convidado Jo-Wilfred Tsonga, teve mais facilidade contra o também francês Marc Gicquel, e sofreu em dois grandes jogos contra o russo Marat Safin e o croata Mario Ancic.

O jogo

O primeiro set foi muito fácil para Roddick. Fish pareceu muito desconcentrado e demorou a entrar no jogo. Ao todo ele errou 11 vezes contra apenas 1 de Roddick que abriu 4/0 com duas quebras e sustentou o saque para fechar 6/2.

A segunda parcial prometeu mais equilíbrio no início. Roddick começou quebrando, mas logo sofreu o empate em uma única chance aproveitada por Fish. Mas o mesmo não mante o ritmo. Apesar de cometer menos erros não-forçados ele cedeu duas quebras para Andy e sofreu o revés novamente por 6/2 .

No terceiro set, o tenista de Omaha (Nebraska), voltou a sair na frente com 2/0 e ampliou a vantagem para 5/1 para fechar em 6/2.

Ao todo, Roddick cometeu apenas 4 erros diante de 26 do rival. O curioso é que, além de placar igual, todos os sets tiveram o mesmo tempo de duração: 29 minutos cada. O semifinalista aumenta seu retrospecto contra seu amigo, possuindo 5 vitórias em seis jogos. Para Fish, resta o consolo de chegar a sua primeiras quartas de final de um Grand Slam e a volta do grupo dos 30 melhores do mundo (é o atual 42o.).

Roddick agora espera por uma revanche contra o suíço Roger Federer. O tenista da Basiléia venceu 11 de 12 confrontos, o último oficial na Masters Cup de Shanghai. Todavia, os dois fizeram a decisão do torneio-exibição do Kooyong Classic no sábado anterior ao início do Australian Open com vitória do norte-americano em três sets.
banner
banner