X

Nalbandian, Hewitt e Murray estão na 3a. rodada no Australian Open

Quinta, 18 de janeiro 2007 às 06:54:12 AMT

Link Curto:

Nalbandian - Melbourne 07
Depois de sofrerem na primeira fase, ambos em partidas de cinco sets, David Nalbandian e Lleyton Hewitt pegaram um pouco de ritmo e passaram com um pouco mais de facilidade peló segundo jogo no Aberto da Austrália. O argentino número oito do mundo que defende as semi do ano pasado aplicou um triplo 6/4 sobre o 61o., o equatoriano Nicolas Lapentti.

Este foi o terceiro jogo entre ambos e a terceira vitória do tenista de Córdoba. Nalbandian por pouco não esteve fora do evento. Ele teve que salvar cinco match-points na estréia cotnra o sérvio Janko Tipsarevic, e chegou a declarar que pesnou em voltar para casa besse duelo.

Na terceira rodada, David enfrentará o francês Sebastien Grosjean, 29o., que passou pelo baixinho belga, Olivier Rochus em cinco sets: 4/6 6/1 6/3 4/6 6/4. Será o tira-teima entre ambos já que o score mostra um triunfo para cada lado. No único jogo sobre quadras rápidas, o argentino levou a melhor em Vienna 2005.

O tenista da casa Lleyton Hewitt, 19o., não levou o susto do primeiro jogo quando esteve abaixo 0 a 2 e precisou vencer três sets consecutivos contra o americano Michael Russell. Hewitt bateu o canadense Frank Dancevic, 88o., por 6/4 6/4 3/6 6/4, mostrando evolução. Ele iguala seu resultado do ano passado quando caiu diante do argentino Juan Ignacio Chela, mas quer fazer melhor em casa. Seu melhor resultado na Austrália foi a decisão em 2005 (perdeu para o russo Marat Safin).

Todavia sua vida não será facilitada na próxima fase. Seu adversário o chileno Fernando Gonzalez que contou com a desistência do jovem argentino Juan Martin Del Potro, de 18 anos, quando vencia no quinto set pelo placar: 7/6 (9/7) 4/6 6/7 (7/3) 6/4 4/0. "Feña" e Hewitt apresentam equilíbrio de 2 vitórias para cada nos duelos.

O britânico Andy Murray não teve tamanha tranquilidade na estréia (venceu o espanhol Alberto Martin 6/0 6/0 6/1), mas controlou os ânimos para derrotar o espanhol Fernando Verdasco, 35o. O número 16 do ranking passou em três sets, 7/6 (7/4) 7/5 6/4, após estar abaixo 1/4 na segunda parcial. Ele pega "el Flaco" Chela que eliminou o cabeça 17, o finlandês Jarkko Nieminen com parciais de 6/3 2/6 6/4 6/4.
banner
banner