X

Safin avança. Dlouhy bate recorde no Australian Open de 2007

Segunda, 15 de janeiro 2007 às 11:49:21 AMT

Link Curto:

Safin VI
O ex número 1 do mundo, o russo Marat Safin venceu o alemão Benjamin Becker por 3 sets a 2, de virada, com parciais de 5/7 7/6(7x2) 3/6 6/3 6/4 na quadra principal do Melbourne Park, a Rod Laver Arena. Becker foi o responsável pela eliminação de Andre Agassi em seu último US Open- o de 2006. O alemão tentou mas não conseguiu tirar as chances de termos a terceira rodada mais esperada do torneio entre Safin e o americano Andy Roddick.

O primeiro set seguiu duríssimo até que Safin concedeu uma importantíssima quebra ao alemão Becker, assim fechando o primeiro set por 7/5.

Safin conseguiu sair na frente na segunda etapa, abrindo 4/2 com uma quebra de vantagem. Com muita desconcentração por parte do russo, ele permitiu que Becker encostasse no placar, conseguindo a vitória só no tie break com 7x2.

Mesmo perdendo o disputado segundo set Becker não desanimou, partindo para cima do russo e conquistando uma grande quebra no quarto game. Becker seguiu muito focado e confiante e conseguiu vencer a terceira parcial por 6/3.

O russo começou muito agressivo, deslocando muito o alemão com ótimos golpes com sua bela esquerda. Com 3 erros cruciais de Becker, Safin conseguiu novamente uma vantagem de 4/2 e desta vez ele não desperdiçou a oportunidade e conseguiu fechar a quarta etapa por 6/3, assim levando o jogo para o quinto e decisivo set.

A ultima etapa começou muito disputada, com um game de mais de 10 minutos no saque de Becker. No quarto break point que teve, Safin conseguiu uma importante vantagem e abriu a decisão para 3/2. Mesmo com muita pressão do alemão o russo conseguiu manter a quebra até o fim e fechou o set por 6/4, se classificando para a segunda rodada do Australian Open, onde foi campeão em 2005.

O jogo com recorde de duração até agora no torneio foi a vitória do tcheco Lukas Dlouhy em cima de Teimuraz Gabashvili da Rússia por 3 sets a 2 com parciais de 6/3 6/1 6/7(7x5) 6/7(7x5) 16/14 em 4h46min de partida. Por pouco o último set não bateu o recorde de 21 a 19 que aconteceu entre o americano Andy Roddick sobre o marroquino Younes El Aynaoui em 2003 com americano levando a melhor. Vale também lembrar que o quinto set não tem tie break em Grand Slams com exceção do US Open.
banner
banner