X

Guga joga segunda partida desta sexta na Davis

Quinta, 14 de julho 2005 às 13:14:37 AMT

Link Curto:

Guga Davis Joniville IV
Gustavo Kuerten fará nesta sexta-feira, por volta de 18h00min, no Centro de Eventos Cau Hansen, em Joinville, contra Alexandre Blom, o jogador número um das Antilhas Holandesas, o seu 43o. jogo pela Copa Davis, com um recorde de 29 vitórias e 14 derrotas. Guga entra em quadra logo após a partida entre Ricardo Mello e David Josepa.

Em Joinville desde domingo, Guga vem treinando forte, com a equipe do Brasil e o técnico Hernan Gumy e disse que está pronto e motivado para enfrentar Blom, na partida que marca também o seu retorno a Copa Davis.


“Jogar no Brasil é sempre especial, ainda mais aqui em Santa Catarina e num confronto de Copa Davis. O adversário, apesar de não ser muito conhecido, não importa muito e também não dá para ficar pensando muito no lado deles. A gente tem que se concentar na nossa parte, tentar entrar lá e conseguir duas vitórias na sexta-feira.

Temos que lidar com um certo favoritismo e tentar se impor dentro da quadra, para fazer com que o favoritismo seja mesmo dentro do jogo. Temos treinado intensamento nos últimos dias, fazendo excelentes treinos, já estou adaptado a quadra central e me sinto cada vez mais à vontade e preparado para estrear,” disse Guga, que não disputa uma partida de Copa Davis desde setembro de 2003, contra o Canadá, no Canadá. Esta é a primeira vez que ele enfrenta Blom.

Escalado como jogador número dois do Brasil, Guga, que está participando do seu 18o. confronto de Copa Davis, deve voltar a jogar no domingo, contra David Josepa, o número um das Antilhas Holandesas. Depois, ele segue direto para a Europa, para disputar os ATPs de Stuttgart e Umag.

Caso o Brasil vença o confronto, que vale uma vaga na final do Grupo II do Zonal Americano e volta a jogar, contra o vencedor de Uruguai e República Dominicana, em setembro, para então tentar uma vaga no Grupo I.

GUGA NA COPA DAVIS

Gustavo Kuerten disputará contra as Antilhas Holandesas o seu 18o. confronto de Copa Davis, com um recorde geral de 29 vitórias e 14 derrotas. São 18 vitórias na simples e 10 derrotas e nas duplas, são 11 jogos vencidos e 4 perdidos.

A estréia de Guga na competição entre nações foi em 1996, nas duplas, ao lado de Jaime Oncins, contra o Chile, no Chile.

Na simples, a estréia foi em Santos, contra a Venezuela.

Em ambos os jogos, ele venceu.

Confira a trajetória de Guga na Copa Davis:

2003 – Canada d. Brasil / Canadá – carpete indoor (Play Off Grupo Mundial)

Daniel Nestor d. Guga 6/7 7/6 6/3 6/7 7/5

Guga d. Simon Larose 7/6 7/6 3/6 7/6

Nestor / Niemeyer d. Guga e André Sá 6/3 6/2 1/6 6/2

2003 – Suécia d. Brasil / Suécia – carpete indoor (1a. rod Grupo Mundial)

Guga d. Andreas Vinciguerra 6/1 6/4 6/4

Jonas Bjorkman d. Guga 6/4 6/4 4/6 4/6 6/1

Guga e André Sá d. Bjorkman / Larsson 6/4 2/6 5/7 6/2 6/2

2002 – Brasil d. Canadá / Brasil, Rio de Janeiro – saibro (play off Grupo Mundial)

Guga d. Daniel Nestor 6/4 7/6 6/0

Guga e André Sá d. Larose/ Nestor 4/6 7/6 6/1 4/6 6/2

2001 – Austrália d. Brasil / Brasil, Florianópolis – saibro (4as final Grupo Mundial)

Guga d. Patrick Rafter 4/6 6/4 7/6 2/1 des.

Lleyton Hewitt d. Guga 7/6 6/3 7/6

Hewitt / Rafter d. Guga e Jaime Oncins 7/6 7/6 7/6

2001 – Brasil d. Marrocos / Brasil, Rio de Janeiro – saibro (1a. rod Grupo Mundial)

Guga d. Karim Alami 6/7 6/4 3/6 6/1 6/2

Guga d. Mounir El Aarej 6/1 6/2

2000 – Austrália d. Brasil / Austrália – grama (semifinal Grupo Mundial)

Patrick Rafter d. Guga 6/3 6/2 6/3

Stolle/Woodforde d. Guga e Jaime Oncins 6/7 6/4 3/6 6/3 6/4

2000 – Brasil d. Eslováquia / Brasil, Rio de Janeiro – saibro (4as final Grupo Mundial)

Guga d. Karol Kucera 2/6 6/3 4/5 7/5 6/1

Domink Hrbaty d. Guga 7/5 6/4 7/6

Guga e Jaime Oncins d. Hrbaty/ Kucera 6/3 2/6 6/2 6/3

2000 – Brasil d. França / Brasil, Florianópolis – saibro (1a. rod Grupo Mundial)

Guga d. Jerome Golmard 6/3 3/6 6/3 6/2

Nicolas Escude d. Guga 6/2 6/3

Guga e Jaime Oncins d. Escude / Pioline 6/4 6/4 6/4

1999 – França d. Brasil / França – carpete indoor (4as final Grupo Mundial)

Guga d. Sebastien Grosjean 6/2 6/7 7/6 6/7 9/7

Cedric Pioline d. Guga 6/3 6/4 6/4

Delaitre / Santoro d. Guga e Jaime Oncins 7/6 6/4 6/4

1999 – Brasil d. Argentina / Espanha, saibro (1a. rod Grupo Mundial)

Guga d. Alex Corretja 6/3 6/4 7/5

Guga d. Carlos Moya 6/2 6/4 6/1

Guga e Jaime Oncins d. Correta/ A.Costa 6/2 5/7 4/6 6/4 6/3

1998 – Brasil d. Romênia / Brasil, Florianópolis – saibro (play off Grupo Mundial)

Guga d. Andrei Pavel 7/5 6/3 6/3

Guga e Jaime Oncins d. Pavel / Trifu 7/5 6/4 6/4

1998 – Espanha d. Brasil / Brasil, Porto Alegre – saibro (1a. rod Grupo Mundial)

Guga d. Carlos Moya 5/7 1/6 6/4 6/4 6/4

Alex Corretja d. Guga 6/3 7/5 4/6 6/4

Guga e Jaime Oncins d. Corretja / D.Sanchez 6/1 7/5 3/6 6/2

1997 – Brasil d. Nova Zelândia / Brasil, Florianópolis – saibro (play off Grupo Mundial)

Guga d. Alistair Hunt 7/5 6/3 6/2

Guga d. Brett Stevens 6/1 6/2

Guga e Jaime Oncins d. Hunt/Steven 6/0 6/2 6/0

1997 – EUA d. Brasil / Brasil, Ribeirão Preto – saibro (1a. rod Grupo Mundial)

Malivai Washington d. Guga 3/6 7/6 7/6 6/3

Jim Courier d. Guga 6/3 6/2 5/7 7/6

Guga e Jaime Oncis d. O’Brien / Reneberg 6/2 6/4 7/5

1996 – Brasil d. Áustria / Brasil, São Paulo – quadra rápida (play off Grupo Mundial)

Guga d. Markus Hipfl 4/6 3/6 7/6 7/6 6/1

Guga e Jaime Oncis d. Muster / Plamberger 7/6 4/6 6/3 3/6 2/0 descl.

1996 – Brasil d. Venezuela / Brasil, Santos – saibro (2a. rod. Grupo I Zonal Americano)

Guga d. Nicolas Pereira 6/2 6/7 61 6/2

Guga d. Jimmy Szymanski 6/2 6/7 6/0

1996 – Brasil d. Chile / Chile, saibro (1a. rod. Grupo I Zonal Americano)

Guga e Jaime Oncins d. Rebolledo / Rios 7/5 6/3 4/6 6/2

Fonte: Diana Gabanyi
banner
banner