X

Austrália x Argentina , Eslováquia x Holanda

Terça, 12 de julho 2005 às 11:00:00 AMT

Link Curto:

Lleyton Hewitt
O confronto entre Argentina e Austrália promete ser um dos mais disputados dessa fase quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis. Ele acontece entre os dias 15 a 17 de julho no Sydney International Tennis Centre em Sydney, na Austrália.

Os australianos que eliminaram na primeira fase os austríacos em casa por 5 a 0, escolheram o piso de grama e jogarão diante de um público bastante fanático de 10.400 pessoas. O piso favorece totalmente os australianos, muito mais experientes. Mas o time da terra dos cangurus tem desfalques que equilibram o confronto.


O grande duplista Todd Woodbridge se retirou em junho e o excelente sacador Mark Phillippoussis não se recuperou de uma contusão. Com isso todas as forças do time ficam na mão do bravo Lleyton Hewitt. O jogador, atual número dois do mundo, sempre demonstra muita raça e gosta de jogar a competição. Seu retrospecto é bastante favorável: 29 vitórias e 6 derrotas em simples e duplas.

O time também contará com um bom jogador para o piso de grama: Wayne Arthurs. Adepto do saque e voleio, o veterano de 34 anos possui 15 vitórias e 7 derrotas em jogos da Davis. Chris Guccione e Peter Luczak completam a equipe australiana. O "bigodudo" John Fitzgerald é o capitão da equipe.

Pelo lado argentino, a equipe está completa e tentará de tudo para chegar a mais uma semifinal da Copa Davis. Guillermo Coria e David Nalbandian são os destaques do time. Coria não tem muita tradição no piso de grama, mas fez uma boa participação em Wimbledon caindo nas oitavas diante do vice-campeão Andy Roddick. "El mago", assim apelidado pelos argentinos jogou apenas quatro partidas na Copa Davis, venceu todas, nenhuma na grama.

David Nalbandian chegou a final em 2002 e chegou as quartas esse ano do Grand Slam inglês. Na Copa Davis, ele possui um retrospecto de oito vitórias e apenas uma derrota, sem jogar na grama.

Os outros dois argentinos são Mariano Puerta que não tem bom retrospecto na grama e Gaston Etlis, excelente duplista. O responsável por comandar o time que derrotou a Rep. Checa em casa por 5 a 0 é Alberto Mancini.

Austrália e Argentina já se enfrentaram três vezes na história da Davis. Os australianos, 28 vezes campeões na Davis tem duas vitórias contra uma dos nossos "hermanos". Todavia, a Argentina que tem como melhor resultado as semifinais em 2003, fez 5 a 0 no último confronto no saibro de Buenos aires em 2002.

O vencedor desse confronto enfrenta Eslováquia ou Holanda pelas semifinais em setembro.

Eslováquia x Holanda

Eslováquia a Holanda jogarão engtre os dias 15 e 17 de julho no Sibamac Arena, NTC, com capacidade para 4 mil pessoas na capital da Eslováquia, Bratislávia.

O piso escolhido foi o duro e as partidas serão disputadas em ginásio coberto. Os eslovacos vem com time completo para este confronto e são favoritos diante dos holandeses.

Dominik Hrbaty, número 26 do mundo, é a principal estrela do confronto. O ex-top ten não vem tendo um bom meio de temporada, mesmo assim é um forte jogador da Davis sempre conseguindo boas vitórias em jogos difíceis — venceu Guga, no auge, e Meligeni em simples no confronto diante do Brasil em 2000 válido pelas quartas de final —. Hrbaty venceu 22 e perdeu 17 jogos na Davis. Karol Beck, Karol Kucera e Michal Mertinak completam o time. Miroslav Mecir é o capitão. Na primeira rodada o time eslovaco passou pela Espanha, em casa, por 4 jogos a 1.

Pelo lado holandês, um time mediano porém com ótima determinação. Terão muitas dificuldades jogando fora de casa, mas buscarão a vitória tendo como principal jogador Peter Wessels, número 89 do mundo. Contudo, Wessels é novato em Davis, jogou apenas três partidas, venceu uma perdeu duas.

Raemon Sluiter, Dennis Van Scheppingen e Rogier Wassen completam o time. Tjerk Bogtstra é o capitão da equipe que passou pela Suíça, sem Federer, por 3 jogos a 2 na primeira fase na casa do adversário.

Eslováquia e Holanda farão o primeiro confronto na história da Davis. O time eslovaco tem cono melhor resultado as quartas em 2000 e neste ano. O time holandês tem as semifinais como melhor resultado atingido em 2001.
banner
banner