X

Nadal para na ousadia de Brown e é eliminado de Wimbledon

Quinta, 02 de julho 2015 às 16:04:35 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Com a tática de não deixar as trocas de bolas ficarem longas, Dustin Brown entrou em quadra disposto a não deixar Rafael Nadal fazer seu jogo, dominou e pela segunda vez na carreira venceu o espanhol bicampeão em Wimbledon. Brown encara Troicki.



Leia Mais:

Brown vibra: 'Achei que iria tremer. É mais fácil jogar contra ele'

Quer ganhar um kit do torneio ? Participe!

Conhecido por seu jogo clássico, com muitas subidas à rede e descontração em quadra, Brown que é 102º do ranking da ATP, precisou de 2h33 para fechar o placar em 7/4 3/6 6/4 6/4, tendo covertido 13 aces contra nove do espanhol, que cometeu 15 erros não-forçados contra 24 do alemão, que bateu 58 bolas vencedoras contra 42 de Rafa Nadal.

O espanhol, décimo da ATP, foi pelo quarto ano consecutivo eliminado por um tenista fora do top 100 em Wimbledon. Rafa foi eliminado por Lukas Rosol, 100º em 2012, Steve Darcis, 135º em 2013, Nick Kyrgios, 144º em 2014 e agora por Brown. O alemão é o único tenista em atividade no circuito profissional que venceu os dois confrontos que teve com o espanhol. Vale lembrar que na chave de Halle, também na grama, em 2014 o alemão havia vencido o espanhol em sets diretos.

Esta foi a primeira vez que Brown eliminou um cabeça de chave em um Grand Slam, mas não foi a primeira vez que surpreendeu um campeão em Wimbledon. Na edição 2013, pela primeira rodada do Slam londrino, Brown superou Lleyton Hewitt, campeão ali em 2002.
Na terceira rodada, Brown encara o sérvio Viktor Troicki, que superou o esloveno naturalizado britânico Aljaz Bedene por 6/4 3/6 6/2 6/4. Os dois nunca se enfrentaram no circuito.

 

O jogo

A partida começou com o alemão firme no saque, mas que bobeou no terceiro game, cometeu os erros e teve o saque quebrado. Na desvantagem Brown começou a jogar solto, arriscar e preservar a tática de não dar ritmo ao espanhol, que vacilou ao jogar com segundo serviço e ter a quebra devolvida no sexto game. Com tudo igual no placar, o alemão preservou-se sacando firme e confirmando saques rapidamente e pressionando na devolução até conquistar quebra providencial e fechar a primeira etapa.

O segundo set começou como retrato do primeiro, com Nadal conquistando a quebra no terceiro set. A mudança esteve na postura do espanhol, que vibrando muito e sentindo o volume do jogo do adversário passou a alongar as trocas de bola, até conquistar nova quebra de saque no nono game e igualar em sets.

Na parcial seguinte, Brown voltou a conseguir impor seu jogo, com devoluções fortes e a manutenção de sue jogo dentro da quadra, junto à rede. A quebra de saque veio no sexto game com belíssimo voleio junto à rede e manteve sua tática, preservando a vantagem.
No quarto e decisivo set, Brown abriu com uma bela quebra de saque após muita luta. Seguro e com a vantagem da quebra manteve sua tática de jogo e fechou o placar de uma vitória histórica, jogando muito. 

 

banner
banner