X

João Souza é campeão no Brasileirão

Domingo, 10 de julho 2005 às 18:24:20 AMT

Link Curto:

CBT
O paulista João Olavo Souza conquistou hoje o título dos 18 anos do Campeonato Brasileiro Infanto-juvenil de Tênis em Brasília. Feijão, como é mais conhecido, coroou uma semana de excelente nível técnico ao chegar ao segundo título brasileiro seguido, depois de derrotar Luis Henrique Grangeiro, que jogava em casa, por 6/2 6/4. Em 2004, João Olavo levantou o troféu dos 16 anos e agora, em seu primeiro ano na categoria 18 já saiu da Capital Federal como campeão da principal categoria do tênis juvenil sem perder um set sequer.

“Joguei muito bem e deu tudo certo, hoje. Estava com um pouco de sorte, coloquei algumas bolas na linha, mas acho que ele também cansou um pouco no segundo set, quando teve chances de me vencer e não conseguiu manter a vantagem”, falou Feijão lembrando da partida.


“Eu acho que mereci, por toda a semana, pois estive sempre muito focado, concentrado e bem sólido. Quero oferecer esse título a todo o pessoal lá do Rio de Janeiro, pela força que vêm me dando, em especial ao Pardal (Ricardo Acioly) e ao Antonio Prieto”, concluiu Souza que na próxima quinta-feira já segue para a Venezuela onde vai disputar alguns torneio profissionais da série Future.

No feminino, a brasiliense Stephanie Dalmácio não deu chances à cabeça-de-chave um, Viviane Marani(SP) e marcou 6/1 7/6(0), conquistando o título dos 18 anos dentro de casa, para alegria da torcida que não pode comemorar o troféu de Grangeiro.

Nos 16 anos feminino, ainda não foi desta vez que Natasha Lotuffo(SP) acabou com a “zica” no Brasileirão. Apesar de chegar à final desse ano, perdeu para Vivian Segnini(SP) por 6/4 6/2.

Fernando Romboli confirmou a boa fase e suas palavras após a semifinal, quando disse estar totalmente concentrado e focado no tênis para chegar à vitória. Com um duplo 6/3, Romboli derrotou Ivan Castro (SP) e conquistou o segundo título brasileiro da carreira. Em 2003 levantou o troféu dos 14 anos.

A categoria 14 anos masculino teve uma chave bastante equilibrada e a final não poderia ser diferente. João Vitor Fernandes e Rafael Paez, dois tenistas que não eram os principais favoritos, bateram todos os adversários e protagonizaram uma grande decisão. Paez, campeão sul-americano da categoria venceu por 6/2 7/5 e ficou com o título. No feminino, deu a lógica. Flávia Borges, número 1 do ranking nacional e também cabeça-de-chave 1 na competição bateu Thaís Xavier(RS) com tranqüilos 6/1 6/2.

Nos 12 anos, o sergipano Igor Melo não conseguiu superar o carioca Vitor Galvão e perdeu o título por 6/4 6/0, mas volta para casa com uma vitória pessoal, por ter alcançado o vice-campeonato brasileiro.

Natasha Tomishima(MS), cabeça-de-chave 1 dos 12 feminino, manteve a regularidade até o fim, vencendo Rafaella Muller(PR) com um duplo 6/4 e saindo de Brasília com o troféu de campeã brasileira.

Nos 10 anos, o baiano Silas Cerqueira, após eliminar o cabeça 1 na segunda rodada, chegou confiante à final e ganhou de Yuri Andrade(RJ) por 6/4 6/2 enquanto a gaúcha Vitória Antoniazzi(RS) derrotou Jordana Peres(PR) por 6/2 1/6 10/8.

O Campeonato Brasileiro Infanto-juvenil de Tênis tem a organização da Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Brasiliense de Tênis, com o apoio de Minas Brasília Tênis Clube, Clube do Exército, Caesb, FIT 21 Reabilitação e Prince Bolas.

Todos os resultados:

10 anos

Vitória Antoniazzi(RS) v. Jordana Peres(PR) 6/2 1/6 10/8

Silas Cerqueira(BA) v. Yuri Andrade(RJ) 6/4 6/2

12 anos Natasha Tomishima(MS) v Rafaella Muller(PR) 6/4 6/4

Vitor Galvão(RJ) v. Igor Melo(SE) 6/4 6/0

14 anos

Flavia Borges(SP) v. Thaís Xavier(RS) 6/1 6/2

Rafael Paez(SP) v. João V.Fernandes(MT) 6/2 7/5

16 anos

Vivian Segnini(SP) v. Natasha Lotuffo(SP) 6/4 6/2

Fernando Romboli(SP) v. Ivan Castro(SP) 6/4 6/2

18 anos

Stephanie Dalmacio(DF) v. Viviane Marani(SP) 6/1 7/6(7/0)

João Olavo Souza(SP) v. Luis Henrique Grangeiro(DF) 6/2 6/4

Fonte: CBT
banner
banner