X

Djokovic bate freguês, vai à 6ª final em Roma e busca o tetra

Sábado, 16 de maio 2015 às 11:51:30 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Pela nona vez seguida e 15ª em 20 confrontos, o sérvio Novak Djokovic superou David Ferrer. Neste sábado, o número 1 do mundo se garantiu na decisão do Masters 1000 de Roma, na Itália, ao superar o oitavo colocado sem ceder sets.



O natural de Belgrado precisou de 1h35min para derrotado o tenista de Javea por 2 sets a 0 com um duplo 6/4. Nos três duelos anteriores havia precisado de três parciais diante de Nicolas Almagro, Thomaz Bellucci e Kei Nishikori.

A vitória é a 21ª seguida de Nole que alcança sua sexta decisão do ano e buscará o quinto troféu diante de Roger Federer ou Stan Wawrinka.

Ele tentará a quarta conquista na capital italiana onde venceu em 2008, 2011 e 2014 e foi vice em 2009 e 2012. Buscará também o 24º Masters para ultrapassar Roger Federer como o segundo maior campeão. Ele jogará sua 76ª final e busca o 53º troféu no geral.

O jogo

Djokovic largou o jogo com quebra com winner de backhand e foi comandando com alguns games difíceis e muitas trocas até sacar com 5/4. Ferrer teve um break, foi pras linhas, mas errou. Nole concluiu o set na terceira chance em 45 minutos com erro na resposta do espanhol.

No segundo set Ferrer começou pressionando, teve chances de quebra nos primeiros games, mas Nole se salvou. O duelo foi seguindo, Nole reclamando de um buraco na quadra na linha de saque. Ele conseguiu a quebra no nono game com boa deixada e erro na resposta do adversário. Concluiu firme no serviço com erro de David. Após o jogo voltou a fazer graça na camera escrevendo "Como é bela esta Roma" e fez suas ponderações sobre a quadra com o diretor do evento, Sérgio Palmieri.

banner
banner