X

Engel e Feijão não resistem e Uruguaiana terá final estrangeira

Sexta, 01 de dezembro 2006 às 21:23:45 AMT

Link Curto:

Ana Ivanovic - Indian Wells 09
Nem mesmo o dia do 25º aniversário foi capaz de trazer forças para Lucas Engel avançar à final do 1º Uruguaiana Open de Tênis. Nesta sexta, o número 344 e favorito ao título perdeu para o argentino Juan Pablo Villar, 589º, por 6/3 6/1 e deu adeus às chances da conquista. A partida foi realizada na quadra 1 do Tênis Clube Rio Branco e o torneio distribui US$ 10 mil em prêmios.

Engel conseguiu fazer um duelo equilibrado apenas no primeiro set até o oitavo game, quando Villar quebrou, fechou em seguida 6/3. Na etapa seguinte, o gaúcho começou a sentir dores na virilha, pediu a presença do fisioterapeuta e não resistiu. Foi quebrado logo no primeiro game, o argentino abriu 5/0 e fechou com 6/1.

"O início foi bem duro com ambos dominando na direita até eu conseguir quebrar o saque dele. Depois passei a mudar, jogar saque-voleio Depois no início do segundo set ele começou a sentir problemas abri vantagem e ganhei", disse o argentino de 24 anos que ficou cinco anos, de 99 a 2004, longe da carreira com falta de dinheiro, dando aulas para sobreviver: "Era duro, não tinha dinheiro para viajr. Hoje também não tenho patrocínio, me viro como posso, mas gosto do tênis".

Villar alcança sua quarta final no ano, curiosamente todas elas foram no Brasil, três seguidas. O argentino foi campeão em São Bernardo do Campo e Guarulhos, ficando com o vice em Porto Alegre. Sobre essa boa sequência no Brasil ele elogia a estrutura dos eventos nacionais: "Joguei bem nos eventos no Brasil. Os torneios são bons, tem boa estrutura e você é bem tratado nos clubes, são muito amáveis" elogiou o argentino.

Neste sábado a partir das 17h ele fará a final contra o canhoto venezuelano Jhonathan Medina Alvarez, 446º e segundo pré-classificado, que passou por João Olavo Souza, o Feijão, com 6/4 6/3. Será o segundo encontro entre eles e na única vez, em Guarulhos, Villar aplicou um duplo 6/1 nas quartas de final: "Jogar contra canhotos é sempre difícil, diferente, mas já conheço um pouco ele. Vamos para o terceiro título no Brasil", declarou o confiante Villar.

Medina, que completou 24 anos hoje, buscará o segundo troféu no ano — venceu um evento em seu país. Já Feijão chegou a sua segunda semifinal (foi vice em São Bernardo do Campo).

Duplas - Eliminado nas simples, João voltou à noite para duplas e conquistou o título ao lado de seu companheiro de treinos, André Miele. Eles derrotaram na decisão a parceria brasileira formada por Caio Zampieri e Tiago Lopes por 7/6 (7/5) 6/2.

O 1º Uruguaiana Open de Tênis conta com o patrocínio da Prefeitura da cidade e tem o apoio de Planalto passagens, encomendas e turismo, Hotel Glória, Tito Global Trade Services e conta com a parceria da Tênis News. A entrada no clube é franca.

Local:

TÊNIS CLUBE RIO BRANCO

Av. Duque de Caxias, 1029
97500-181 Uruguaiana RS
Tel : +55 55 3411.2000
Fax: +55 55 3412.1691

Fonte: Gallas Press
banner
banner