X
banner

Davydenko cala Chela e Rússia faz 1x0

Sexta, 01 de dezembro 2006 às 11:13:58 AMT

Link Curto:

Nikolay Davydenko - Final Davis
Nikolay Davydenko, tenista número 3 do ranking, derrotou Juan Ignacio Chela, 33º colocado, por 3 sets 1 com parciais de 6/1 6/2 5/7 6/4 em 3 horas e 5 minutos, e marcou o primeiro ponto para a Rússia diante da Argentina na final da Copa Davis 2006 disputada no estádio Olímpico de Moscou. Foi a primeira vitória do russo diante do argentino em seis partidas e de quebra calou a boca de Chela que o havia provocado no dia anterior.

A partida parecia que era disputada em Buenos Aires já que cerca de 500 torcedores argentinos cantavam e pulavam a cada ponto do tenista de seu país. Quem também estava lá, fazendo a maior bagunça, era o craque Diego Maradona, que trouxe sua família e até sua ex mulher. Eles conseguiram apoiar bastante Chela, que passou por maus momentos nos dois primeiros sets e esboçou uma reação nos seguintes, mas Davydenko se adaptou melhor as condições da quadra e seu jogo agressivo.

No 1 set Davydenko não deu chances para Chela, quebrando o serviço do argentino logo de cara e fazendo 3x0. O tenista russo foi muito agressivo com suas pancadas de fundo de quadra, mostrando sua frieza e concentração e deixando o tenista argentino sem opções de jogo. Chela conseguiu fechar seu game de saque nos erros do russo depois de muito sufoco, mas depois não conseguiu mais segurar o russo e teve seu serviço quebrado mais uma vez. Com 2 quebras em 6 oportunidades, Davydenko manteve seu serviço e ganhou o 1 set por 6/1, salvando 4 chances de quebra de seu serviço.

O 2° set se manteve equilibrado até o 4° game, mas o argentino não segurou mais as pancadas secas de fundo de quadra do tenista russo, perdendo seu serviço mesmo com 40x15 no game. Com uma grande vantagem, Davydenko voltou a atropelar Chela, confirmando seu serviço com facilidade e voltando a quebrar o argentino no game seguinte. Vencendo o set por 5/2, com 2 quebras de saque em 3 oportunidades, Nikolay Davydenko manteve seu game de serviço para fechar o 2º set por 6/2 e fazer 2x0 no jogo.

No 3º set Chela acordou e se mostrou mais consistente, obtendo oportunidades contra Davydenko,aprofundando suas bolas, forçando os erros do russo. Chela obteve uma quebra no 4º game, abrindo o placar para 3/1. A alegria dos argentinos não durou muito tempo, pois o russo quebrou o serviço de “el Faco”, assim apelidado, igualando o set em 4/4. Longas trocas de bolas, games disputados até que Davydenko tremeu no 12º game, perdendo o 3 set por 7/5, levando a enorme torcida Argentina à loucura.

No 4º set, o argentino pareceu bastante cansado e com dores na coxa direita, pedindo atendimento duas vezes durante o set. Apático, Chela não segurou a agressividade do russo, sendo quebrado no 3º game. Davydenko não se pareceu preocupado com a dificuldade física de seu adversário, atropelando-o com suas direitas firmes da linha de base. Sua concentração foi bastante forte até o fim, fechando a partida por 3 sets a 1 em 3 horas e 5 minutos, levando a Rússia a uma vantagem de 1x0 no confronto.

Marat Safin da Rússia enfrenta David Nalbandian da Argentina na 2ª partida e última do dia. No sábado vai acontecer a partida de duplas e domingo mais 2 partidas de simples.
banner
banner