X

Incêndio interdita aeroporto de Roma e força desistências em torneio

Sexta, 08 de maio 2015 às 18:28:11 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após o principal aeroporto da cidade de Roma ter sido fechado em razão de um incêndio proveniente de uma falha elétrica em um bar, alguns atletas da ATP e WTA tiveram seus voos atrasados ou cancelados, forçando a desistência de alguns do quali.

 



Rumando para o próximo grande torneio da temporada, o Aberto de Tênis de Roma, competição que reúne tenistas da ATP e WTA simultaneamente, muitos atletas foram forçados a passar horas em aeroportos ao redor do mundo à espera de um voo em direção ao Fiumicino, principal aeroporto da cidade, após o caos que se instalou no local.

Alguns tenistas, como foi o caso do australiano Thanasi Kokkinakis, que viajava de Madri para Roma, foram obrigados a desistir do torneio por não terem conseguido chegar à tempo para as primeiras partidas do torneio qualificatório.

Além do abandono, o australiano passou a noite em uma lanchonete 24h dentro do aeroporto de Madri, na esperança do aparecimento de um voo para que pudesse embarcar para a Itália. A também australiana Anastasia Rodionova tentou voos partindo de três aeroportos diferentes até finalmente conseguir embarcar. Já a alemã Sabine Lisicki conseguiu embarcar em um voo após tentar em dois aeroportos diferentes.

Outros tenistas foram obrigados a aguardar dentro do avião por várias horas para conseguir desembarcar no aeroporto Fiumicino, como foi o caso da alemã Julia Goerges e da russa Anastasia Pavlyuchenkova.

 

banner
banner