X

Orlando Luz vence e luta pelo BI na Copa Gerdau

Sábado, 21 de março 2015 às 18:39:54 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Com muita gana, determinação e o apoio da torcida, o brasileiro Orlando Luz garantiu presença na final masculina dos 18 anos do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, apresentado por Gerdau e Itaú. O tenista gaúcho precisou de três horas e 25 minutos para vencer, de virada, o argentino Manuel Peña Lopez, com parciais de 6/7 (5), 6/2 e 6/4, em partida disputada no sábado.



Orlandinho volta à quadra principal da Associação Leopodina Juvenil neste domingo (dia 22) em busca do bicampeonato nos 18 anos. Terá pela frente o americano William Blumberg, que eliminou o australiano Alex de Minaur por 3/6, 6/3 e 6/4. A partida final começa às 10 horas.

No primeiro set do jogo entre Orlando Luz, cabeça de chave número 1, e Manuel Peña Lopez, cabeça 10, o gaúcho se encontrou nervoso em razão da grande torcida que lotou os espaços do clube. O tenista brasileiro demorou a encaixar o jogo e teve o saque quebrado no 11º game. Com erros para acertar o drop shot, o argentino aproveitou a inconsistência do adversário para vencer o tie-break e fechar o set. “Contra mim, contou o meu nervosismo. Nunca é fácil jogar uma semifinal. Tive que me equilibrar ao longo do jogo e sair do buraco em que tinha entrado”, comentou Orlandinho.

Na série seguinte, Orlando Luz contou com o efervescente apoio da torcida para iniciar a reação. O cabeça de chave número 1 tomou a iniciativa de atacar mais Peña Lopez, com o objetivo de deixá-lo no fundo da quadra e controlar o duelo. Orlandinho quebrou o serviço do adversário no primeiro e no sétimo games. No derradeiro set, o gaúcho surpreendeu o argentino e quebrou o saque do concorrente no nono game, virando a partida. Depois, administrou o jogo para garantir a vitória e a vaga na final.

“Foi um jogo muito duro. O Peña fez um ótimo torneio. Quero parabenizá-lo por isso. O bom foi que eu tive o apoio dos meus pais, do meu treinador e da torcida, que ficou comigo até o final. Isso contou muito a meu favor”, disse Luz. “Agora, vou me preparar e descansar para a final, que é um jogo muito importante para mim”, completou Orlandinho, o atual número 2 do mundo no ranking da categoria.

Abatido pela derrota de virada, Manuel Peña Lopez disse que esperava por um jogo muito difícil. “Sabia que seria muito duro. Busquei fazer o meu jogo e me manter focado. Quando abri 3-0 no terceiro set, senti confiança. Mas, depois, saquei mal e dei oportunidade para ele (Orlando) crescer no jogo”, observou o argentino. “Mas me sinto feliz pela semana que realizei. Este é um ótimo torneio e, com os pontos que conquistei, espero subir para o grupo dos 30 mais bem classificados do mundo”, projetou o jovem atleta.

banner
banner