X

Dolgopolov, Klizan, Stakhosvky e Young vencem na Califórnia

Sexta, 13 de março 2015 às 19:32:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Protagonista da surpresa da edição 2014 do Masters 1000 de Indian Wells, o ucraniano Alexandr Dolgopolov, 41º do ranking da ATP, começou a defesa dos pontos de semifinal alcançada no ano anterior, ao bater o canadense Frank Dansevic.



Jogando como bem quis, o ucraniano disparou todo o seu arsenal de golpes na abertura da quadra dois, quebrou o serviço do canadense no inicio do set abriu 3/1 e foi administrando. Sacando no sexto game o ucraniano precisou salvar um breakpoint com ace, voltou a quebrar o serviço do rival e sacou para o set.

 

Na segunda etapa, Dolgopolov esteve mais displicente, cometeu erros, mas conseguiu impor seu saque quando precisou, ao fim da partida havia convertido sete aces contra cinco do canadense e vencido 79% dos pontos com primeiro serviço contra 72% de Dansevic, e conquistou a quebra de saque no décimo primeiro game e sacou para o jogo.

 

Na próxima rodada Dolgopolov encara o cabeça de chave 29, o colombiano Santiago Giraldo, que entrou de bye na chave. Os dois tenistas já se enfrentaram três vezes no circuito profissional e a vantagem é do ucraniano em 2/1.

 

O eslovaco Martín Klizan, 42º, superou com um pouco de resistências do rival, o espanhol Pablo Andújar, 66º, pelo placar de 7/6 (4) 6/3. Klizan, que liderou o primeiro set até o 5/4, onde sacando para confirmar foi quebrado e precisou jogar o tiebreak pressionado.

 

Na segunda etapa, Klizan dominou o espanhol e com uma quebra de vantagem administrou a vantagem e fechou a partida paras e garantir na segunda rodada do torneio, onde enfrenta o tcheco Lukas Rosol, 27º favorito. Os dois tenistas se enfrentaram uma vez por um challenger em Ostrava em 2009 e jogando em casa Rosol levou a melhor

 

Outro ucraniano, Sergiy Stakhovsky, 50º, contou com uma baixa de dispersão do norte-americano Sam Querrey, 43º, e aplicou a virada superando os 17 anos do tenista local. 

 

Stakhovsky encara o nono favorito do torneio, o tcheco Tomas Berdych, a quem já enfrentou quatro vezes e perdeu todos os jogos.

 

Donald Young, 47º, confirmou a boa fase e superou Pablo Carreño Busta, 55º, por 6/3 6/4 em 1h39 de partida e agora encara o francês Jeremy Chardy, 31º cabeça de chave.

banner
banner