X

Investigação de venda de cocaína na Austrália cita Bernard Tomic

Sexta, 13 de março 2015 às 16:47:15 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Segundo relatos de uma jovem, Bernard Tomic teria dito que possuía um valor em torno de 50 mil dólares em cocaína em sua casa. O episódio teria ocorrido durante uma festa na cobertura de Jamie Pickering, um magnata australiano dono de diversas boates.

 



O principal alvo do caso é seu amigo, o magnata James Pickering. O empresário está sendo acusado de quatro crimes por distribuição de cocaína entre janeiro e abril de 2014. Segundo informações do Gold Coast Bulletin, da Austrália, uma jovem adolescente afirmou que Tomic teria dito ter a droga em sua casa avaliada em US$ 50 mil. A conversa entre eles teria acontecido em uma casa noturna de Pickering, em Gold Coast.

 

“Se isto foi realmente dito, obviamente foi mal interpretado. Eu afirmo com certeza absoluta que ele nunca se envolveu com nada disso. A menina diz que ele falou isto, mas é óbvio que foi apenas uma brincadeira interpretada de maneira errada,” disse Pickering, defendendo Tomic.

 

Indagado por quê Tomic diria algo assim, o magnata disse: “As pessoas fazem brincadeiras, se ele disse isso foi puramente uma brincadeira, apenas isso. Ele não poderia ter sido levado a sério de maneira alguma.”

Pickering tentou contactar Tomic na noite desta quinta para informar que seu nome havia sido citado no documento da acusação: “Será uma supresa para ele, na verdade”.

 

Uma fonte da polícia australiana confirmou ao jornal Herald Sun que nenhuma acusação foi estabelecida contra o tenista.

 

banner
banner